PRF apreende anfetamina em Oiapoque/AP

Na manhã de quinta-feira (04), às 10h15, no km 810 da BR-156, no município de Oiapoque/AP os Agentes PRF apreenderam a droga conhecida como Nobésio.

Durante uma fiscalização de rotina em frente sua Unidade Operacional 03, em Oiapoque/AP, os Agentes PRF abordaram o veículo I/Toyota Hilux Cd, de cor prata com placas de Macapá/AP e enquanto fiscalizavam os pertences do condutor, perceberam algo suspeito no bolso do mesmo que chamou a atenção dos policias rodoviários federais e solicitaram que o mesmo mostrasse o seu conteúdo.

Ao perguntarem ao condutor quem era o proprietário da cartela com 05 comprimidos de Nobésio (anfetamina) que estava em seu bolso, o condutor mencionou que a droga era sua e que utilizava para o seu próprio consumo o que ficou caracterizado o Porte de Droga para Consumo.

Veja os efeitos provocados por essa substância:

Com objetivo de dirigir várias horas seguidas, sem descanso, para cumprir prazos predeterminados ou até faturar um extra no final de cada viagem, alguns motoristas de caminhão optam em utilizar o rebite. A substância, chamada de anfetamina, é um estimulante do sistema nervoso central e faz com que o cérebro trabalhe mais depressa e cause nas pessoas a impressão de diminuição da fadiga – já que consegue executar uma atividade qualquer por mais tempo- de menos sono, perda de apetite e de aumento da capacidade física e mental. Essa mistura de falsas sensações faz com que os consumidores da droga percam parcialmente os reflexos. Assim, o motorista vê o perigo, sabe que tem de frear e ao invés disso pisa fundo no acelerador e aumenta as chances de provocar graves acidentes. Esses medicamentos podem causar dependência depois da segunda caixa, com danos irreversíveis à saúde e por serem tarja preta só podem ser vendidos sob prescrição médica e com a retenção da receita.

Diante do fato, o condutor foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil daquele município, juntamente com a anfetamina.

About the author

Related

WhatsApp chat