Ação de limpeza no canal do Cidade Nova revela um “rio” de lixo

 

Um “rio” de garrafas PET e outros tipos de resíduos. Esta foi a imagem encontrada pelos vermelhinhos da prefeitura da capital do estado na área de ressaca por onde passa o canal de vazão natural das águas da ressaca que abrange os bairros Cidade Nova e Perpétuo Socorro. Aproximadamente 60 toneladas de lixo foram retiradas do local em apenas um dia de trabalho.

 

Além de garrafas PET, pedaços de móveis e de madeira, e sacos plásticos foram retirados de dentro do alagado. “É uma área de difícil acesso para a limpeza. Como estamos entrando no período de chuvas, precisamos agilizar a desobstrução do canal para que não ocorram alagamentos”, explica o secretário municipal de Manutenção Urbanística, Augusto Almeida.

 

A dona de casa Simone Costa mora na Passagem Santa Fé há 4 anos e diz que todo período de chuvas é complicado, pois várias famílias sofrem com alagamentos. “Sempre converso com meus vizinhos, é difícil fazer as pessoas entenderem que se jogar lixo no lago todos sofrerão, porque são nossas casas que vão para o fundo. Estou muito grata e feliz por ver a prefeitura trabalhando antes das chuvas, espero que esse povo não volte a jogar lixo no lago”, relata.

 

Nos bairros Cidade Nova e Perpétuo Socorro, a coleta de lixo ocorre diariamente no período diurno.

 

 

Aline Brito

About the author

Related

WhatsApp chat