Amapá oferta bolsas de até R$ 5,9 mil para implantar programa de exportação

Serão oferecidas cinco bolsas para formação de equipe técnica; programa visa incentivar empresas amapaenses a exportarem seus produtos.Por: Gabriel Dias

 Foto: Arquivo/Secom

O Governo do Estado do Amapá (GEA) lança nesta quinta-feira, 31, uma chamada pública para a seleção e contratação de equipe técnica para compor o Núcleo Operacional que irá implementar o Programa de Qualificação para Exportação (Peiex) no Estado. O objetivo do programa é incentivar as empresas amapaenses a exportarem seus produtos. E fazer com que as empresas que estão começando a exportar, possam diversificar seus mercados e aumentar o percentual de seu faturamento com a exportação.

A chamada pública será coordenada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (Fapeap), vinculada à Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec), em parceria com a Empresa Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (ApexBrasil). O edital do processo estará disponível no site da Fapeap a partir desta quinta-feira, 31 de janeiro.

Serão disponibilizadas cinco bolsas destinadas a equipe do Núcleo Operacional Peiex no Estado sendo: 1 Monitor Extensionista, com remuneração de R$ 5,9 mil (40h semanais); 2 Técnicos Extensionistas, por R$ 4,8 mil (40h semanais) e 2 estagiários, com remuneração de R$ 750,00 (20h semanais).

As inscrições para a chamada pública serão gratuitas e poderão ser realizadas no período de 31 de janeiro a 22 de fevereiro, no prédio da Fapeap, localizado na Rodovia Juscelino Kubitschek, Km 2, Ramal da Unifap, Jardim Marco Zero.

Peiex

O programa é executado em municípios/regiões do Brasil onde existe adensamento de empresas com potencial exportador. Neles são instalados Núcleos Operacionais do Peiex para qualificação das empresas que desejam exportar. Assim será feito no Estado do Amapá com a instalação do Núcleo Operacional da Região Metropolitana de Macapá, que deverá qualificar 50 empresas no prazo de 24 meses.

O programa faz parte do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), lançado em 2017 no Amapá, pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), com o objetivo de aumentar o número de empresas que operam no comércio exterior. E também promover o crescimento das exportações de produtos e serviços, com ênfase em bens manufaturados, com maior fator agregado.

About the author

Related

WhatsApp chat