Colégio no Rio onde bebê foi baleado diz que não houve tiroteio

 O Colégio São Vicente de Paulo, onde um bebê de seis meses foi baleado na noite de ontem, no Rio de Janeiro, divulgou hoje (15) nota à imprensa, em que informa que não houve registro de troca de tiros no entorno da escola, no Cosme Velho, na zona sul do Rio.

Segundo a escola, o bebê estava no colo da mãe, que aguardava o filho mais velho encerrar sua atividade esportiva no São Vicente.

“As observações preliminares feitas pelos agentes policiais que aqui estiveram apontam para uma situação infelizmente comum em nossa cidade, de bala perdida, oriunda não se sabe de onde, na medida em que não há registro de qualquer ação envolvendo troca de tiros no entorno do colégio”, informa a nota.

Violência generalizada

Na mesma nota, o colégio expressou “profunda tristeza” com a ocorrência. “Como é de conhecimento geral, estamos imersos numa sociedade que tem vivido em meio a polarizações e à violência generalizada, com tiroteios espalhados por diversos locais, roubos e furtos em proporção imensurável.”

O bebê foi socorrido pela Polícia Militar e está internado, desde a noite de ontem, no Centro Pediátrico da Lagoa. Segundo informações da assessoria de imprensa do hospital, a criança foi atingida em um dos ombros e seu estado é estável.

Ainda de acordo com o hospital, o bebê passou bem a noite. Ele deverá ser submetido a uma cirurgia na tarde de hoje para retirar o fragmento de bala.

About the author

Related