Deputada Cristina Almeida presta conta de seu mandato e anuncia pré-candidatura

Nesta semana, a deputada estadual Cristina Almeida fez uma escuta popular na sede do PSB, apresentando a prestação de contas das atividades de seu mandato entre o período de 2015 a 2018. Na oportunidade, renovou seu compromisso com o povo do Amapá.

O evento contou com a participação dos pré-candidatos João Alberto Capiberibe, ao governo do estado; da deputada Janete Capiberibe, pré-candidata ao senado federal e de Camilo Capiberibe, pré-candidato à Câmara Federal do vereador Hosana, presidente da câmara municipal de Mazagão.

A própria Cristina Almeida apresentou os convidados e os convidou a fazer uso da palavra, além de abrir espaço para seus apoiadores e representantes dos segmentos que construíram no desenvolvimento de importantes projetos.  Falaram em nome dos segmentos João Ricardo Ferreira (Pastor da Assembleia de Deus), Yasmin Fantini (grupos LGBT), Luciano Maciel (Reggae), Nilda Dias (Núcleo de Base dos Vigilantes do PSB) e a Sra. Luiza Albuquerque, amiga de longa data da família Almeida e que acompanha a trajetória de Cristina desde a sua infância e cujo depoimento emocionou Cristina, seus familiares e a plateia.

A deputada destacou suas principais ações e disse que sua oposição ao governo foi de forma responsável e em prol da população. Relembrou as cobranças feitas pela continuidade das obras do Hospital da Criança, da Maternidade da Zona Norte, da UPA Zona Sul, em Macapá, e a conclusão do SAMU em vários municípios, assim como das denúncias de sucateamento e falta de merenda nas escolas públicas, pautando na tribuna as reivindicações das Escolas Família, cujos recursos não haviam sido aplicados pelo governo do estado.

Disse que também reivindicou as obras da Feira do Produtor do Buritizal, a manutenção da limpeza das feiras de Macapá e Santana e do Mercado de Peixe, além do escoamento da produção.

“Nosso trabalho é voltado para a defesa dos interesses do povo. Não somamos com o atual governo no sucateamento da Saúde, da Educação, da Segurança, nos altos índices de desemprego, na desvalorização dos servidores públicos e na retirada dos vigilantes e na exclusão das mães do Renda”, ressaltou.

Somente nesta legislatura, apresentou cerca de mil proposituras, além de ser autora de mais de 68 Projetos de Lei, dentre eles, os sancionados: a realização da Feira da Mulher Rural do Amapá; a reserva de vagas aos negros em concursos públicos; Criação do Conselho Estadual dos Direitos da População LGBT; leis sobre a regulamentação e o exercício da profissão de doulas; distribuição de dispositivo de segurança à mulheres vítimas de violência, conhecido como “Botão do Pânico”. Todos dialogados com a sociedade civil organizada através do Gabinete Itinerante.

Nos pronunciamentos, Camilo Capiberibe relembrou a parceria com Cristina em seu governo quando ela esteve à frente da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e agradeceu o apoio; Janete Capiberibe se referiu à companheira de legenda como uma mulher aguerrida e comprometida e que quando ela assumiu a  superintendência do INCRA em Macapá, durante a gestão de João Capiberibe à frente do GEA; e João Capiberibe acentuou a garra e o compromisso de Cristina na defesa das minorias e da cultura.

Por fim, Cristina Almeida agradeceu a presença de todos e o carinho recebido, também parabenizou sua militância e a equipe de assessores que lhe acompanham de forma incansável. Na oportunidade, lançou oficialmente seu nome como pré-candidata a deputada estadual, para continuar a fazer a diferença na Assembleia Legislativa do Amapá.

“O nosso mandato foi o que mais cedeu espaço para representantes da sociedade civil discutirem seus anseios, e quando falo no plural sobre as atividades desenvolvidas, é porque trago a união de todas as vozes do nosso Amapá para dentro do parlamento e que ecoa aos órgãos competentes por determinada demanda. Já conseguimos reduzir a verba indenizatória, de R$ 100 mil para 30 mil reais, e hoje assumimos mais uma vez o compromisso de reduzir o orçamento da Casa em 50%”, finalizou.

ASCOM

About the author

Comunicólogo e Jornalista por formação, Rádio-apaixonado e Social Media. 23 anos. Fazendo a segunda graduação na Universidade Federal do Amapá, acadêmico de Letras/Francês.

Related

WhatsApp chat