Deputada Cristina garante apoio para fortalecer a UEAP

Em encontro com nova reitora da UEAP, deputada Cristina garante apoio para fortalecer a instituição

A deputada Cristina Almeida foi recebida pelas recém-empossadas reitora da Universidade do Estado do Amapá – UEAP, Kátia Paulino, e vice-reitora Marcela Videira.  Em consulta prévia ocorrida em junho, elas são as primeiras mulheres eleitas pela comunidade acadêmica e empossadas para fazer a gestão da instituição pelos próximos quatro anos.

Completado dose anos de sua fundação, a UEAP ainda passa por deficiências na infraestrutura do campus e nos atrasos nos repasses financeiros. Atualmente, conta com cerca de 19 milhões garantidos pelo Lei Orçamentária Anual, o que não é suficiente para manter as atividades da universidade. Além deste, é estabelecido que 2% da arrecadação do ICMS seja repassado à instituição, o que, segundo a reitora, não tem sido realidade.

“Os recursos não são suficientes para a política de desenvolvimento da universidade. O orçamento entorno de R$ 19 milhões é o mesmo de quando surgiu a UEAP e este repasse não acompanhou o crescimento da instituição em quantitativo de cursos e de corpo técnico”, afirmou a reitora Kátia Paulino.

Cristina parabenizou a nova gestão pela representativa feminina em um espaço fundamental para o desenvolvimento do estado.

“Parabenizo a representatividade de duas mulheres que entraram para a história da UEAP como as primeiras eleitas e empossadas para gerir a universidade. Levo sempre para o parlamento essa pauta de empoderamento das mulheres nos espaços da sociedade”, disse a deputada.

Enquanto vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, Cristina informou que em 2016 apresentou um Projeto de Lei – aprovado na Casa – que elevava o percentual de 2% para 6% do ICMS para a UEAP, porém não sancionado pelo Governo.

“Compreendo a necessidade de aumentar os recursos da UEAP visando sua autonomia financeira para que sejam garantidos investimentos básicos na instituição. Buscamos alterar o artigo que trata do percentual do ICMS arrecadado pelo Estado para a instituição, mas infelizmente não foi sancionado. Vamos dar destaque no debate da LOA deste ano para ampliar os recursos destinados à universidade”, afirmou a parlamentar.

Ainda na reunião foi tratado sobre as prioridades da nova gestão, como a construção do campus definitivo, o fortalecimento da interiorização e a captação de recursos externos para investimentos em infraestrutura básica. A deputada garantiu fazer a interlocução com a bancada federal e cobrar do Governo para atender as demandas da universidade.

Na oportunidade, Cristina falou ainda sobre a importância de discutir políticas afirmativas para a população LGBT dentro da universidade.

“Gerar esse debate é importante para qualificar essa comunidade que ainda sofre discriminação no ambiente escolar, provocando uma enorme evasão escolar. E a reitora se mostra muito disposta a tornar isso realidade no estado”, concluiu a deputada.

Kátia Paulino finalizou agradecendo a deputada por ser a primeira parlamentar a buscar diálogo com a nova gestão e a se colocar à disposição para garantir os avanços da universidade.

About the author

Comunicólogo e Jornalista por formação, Rádio-apaixonado e Social Media. 23 anos. Fazendo a segunda graduação na Universidade Federal do Amapá, acadêmico de Letras/Francês.

Related

WhatsApp chat