Eclipse mais longo poderá ser observado no dia 27 de junho

O eclipse lunar mais longo do século XXI acontecerá em breve, oferecendo também a chance de observar Marte de perto. Eis alguns fatos sobre o raro fenômeno.

Em 27 de julho, na sexta-feira, o eclipse lunar se estenderá por quase toda a Europa e Ásia, Oceania, África e por uma parte da América do Sul. Os habitantes da América do Norte e Central não poderão ver o eclipse nos céus, mas astrônomos realmente dedicados poderão acompanhar transmissão ao vivo no YouTube.

Estrela e um planeta (imagem ilustrativa)

Este será o segundo eclipse lunar total em 2018: o primeiro teve lugar em 31 de janeiro e durou três horas e 23 minutos. Porém, o intervalo de tempo do eclipse “total” foi de uma hora e 16 minutos, escreve o RT.Segundo expectativas, o novo total eclipse lunar deve durar uma hora e 43 minutos — quatro horas se considerar todo o eclipse, virando, assim, o eclipse lunar mais longo deste século.

Um eclipse total é um fenômeno raro que acontece quando a Lua, a Terra e o Sol se alinham e a lua cheia passa atrás de nosso planeta, ficando na sua sombra.

Sonda New Horizons fotografa Júpiter e sua lua vulcânica Io (foto de arquivo)
© NASA . /JOHNS HOPKINS UNIVERSITY
São encontradas 12 novas luas de Júpiter e uma está a caminho de violenta colisão

Grandes partes do planeta ficarão na escuridão completa enquanto a Lua fizer seu caminho através dos continentes. O próximo eclipse é também conhecido como “Lua de sangue”, porque enquanto a Lua está na sombra, acaba tendo um tom vermelho.Para deixar o evento ainda mais único, a Terra está passando entre o Sol e Marte entre julho e setembro, mas em 27 de junho o Planeta Vermelho estará na melhor posição no nosso céu desde 2003, sublinha o RT. Assim, terráqueos terão também a vista mais próxima e clara de Marte em 15 anos.

About the author

Related

WhatsApp chat