Governo confirma mais quatro escolas de gestão compartilhada com órgãos militares

Anúncio foi feito durante formatura de estudantes da Escola Estadual Antônio Messias Gonçalves Dias.Por: Gabriel Dias

 Foto: José Baía / SecomGovernador Waldez Góes destacou os avanços obtidos com o novo modelo de ensino implantado no Amapá

O governador do Amapá, Waldez Góes, confirmou a criação de mais quatro escolas de gestão compartilhada com órgãos militares no Estado. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 4, durante formatura da segunda turma de alunos da Escola Estadual Antônio Messias Gonçalves Dias, pioneira na implantação do modelo de gestão compartilhada entre a Secretaria de Estado da Educação (Seed) e a Polícia Militar do Amapá (PM/AP).

O Estado prevê a implantação da modalidade de ensino em uma escola na zona norte de Macapá, uma na zona oeste da capital, uma no Igarapé da Fortaleza, em Santana, e outra em Laranjal do Jari. “O modelo de gestão escolar se tornou referência para outros bairros e municípios que já manifestaram interesse em ter uma escola como essa, então a Seed já iniciou o planejamento para a implantação de mais quatro escolas com nesse modelo compartilhado”, destacou o chefe do Executivo estadual.

A secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, lembrou que a implementação do modelo de gestão compartilhada integra um conjunto de oportunidades de ensino inovador criadas pelo Governo do Amapá, que inclui ainda as Escolas do Novo Saber (Tempo Integral), as Escolas Bilíngues, o ensino regular, o ensino especial, as escolas quilombolas, entre outras. “O Estado está construindo oportunidades, dando opções para que a população matricule seus filhos no modelo de ensino que ele considerar melhor”, frisou a gestora.

O comandante da PM/AP em exercício, coronel Rômulo César Pacheco, afirmou que o trabalho de gestão compartilhada entre a Polícia Militar e a Seed tem apresentado resultados bastante satisfatórios. “Tanto aqui em Macapá, na Escola Antônio Messias, quanto em Santana, na Escola Afonso Arinos, conseguimos criar um modelo referência de ensino, unindo a experiência dos dois órgãos”, ressaltou o militar.

Além das duas escolas que funcionam em parceria com a Polícia Militar, o modelo de gestão compartilhada é aplicado na Escola Estadual Risalva Freitas do Amaral, em Macapá, em parceria entre Seed e Corpo de Bombeiro Militar do Amapá (CBM/AP).

Formatura

Foram cerca de 90 alunos que se formaram e receberam certificado de bom desempenho. A diretora da escola, Capitã Sara Farias, enfatizou que os formandos sairão da escola com novos valores. “Hoje encerram um ciclo, mas iniciam outro de crescimento em suas vidas”, declarou emocionada.

Escolhido como orador da turma, o estudante André Luiz, 18 anos, emocionou pais, alunos, professores, militares e autoridade presentes ao falar da importância do colégio de gestão compartilhada para a comunidade. “A escola foi importante não apenas para a educação, mas também para a segurança do bairro, dos nossos familiares, então, foi uma oportunidade única estudar na Antônio Messias”, declarou o estudante.

Samara de Abreu Ferreira, 18 anos, foi uma das alunas que receberam o certificado de honra por ter se destacado e ter o melhor rendimento escolar. Ela falou da importância da escola para sua vida educacional e social. “Foi um ciclo muito importante em nossas vidas, porque, além de recebermos um ensino de muita qualidade, também aprendemos sobre valores sociais, sobre respeito e coletividade”, relatou Samara.

Resultados

Segundo o Ministério da Educação, em 2017 a Escola Estadual Antônio Messias Gonçalves Dias subiu da 50° para a 6° colocação entre as escolas públicas do Estado no ranking de notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A expectativa do governo é de que a unidade de ensino mantenha o bom índice também nas provas realizadas em 2018.GALERIA DE FOTOS

 Créditos:

José Baía / Secom

About the author

Related

WhatsApp chat