Número de ataques no Ceará cai após envio da Força Nacional

As tropas começaram a atuar em Fortaleza no último sábado. Força Nacional permanecerá no estado por até 30 diaspublicado: 07/01/2019 12h00, última modificação: 07/01/2019 12h00

OUVIR

Número de ataques cai após envio da Força Nacional ao Ceará

Segundo o governo do estado, até a madrugada do domingo (6), foram 76 presos e 34 adolescentes apreendidos – Foto: Foto: Renata Amoras/Agência MJ

O número de ataques em Fortaleza e região metropolitana do Ceará diminuiu desde que o Ministério da Justiça e Segurança Pública enviou apoio da Força Nacional ao estado. Após o início da operação, no último sábado (5), a quantidade de ocorrências caiu de 45, na última quinta-feira (3), para 23, nesse domingo (6).

Na sexta-feira (4), 330 militares e 30 viaturas partiram para o estado a fim de atuar por 30 dias em ações de segurança e apoio à Polícia Federal (PF), à Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e às forças policiais estaduais.

Prisões e ocorrências

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará informou, em nota divulgada no domingo (6), que 110 pessoas já foram capturadas por envolvimento nas ações criminosas no estado. Segundo o órgão, foram 76 presos e 34 adolescentes apreendidos.

Dois suspeitos, ainda não identificados, morreram após tentar atear fogo em um posto de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e trocar tiros com a Polícia Militar na madrugada do domingo (6). Foram apreendidos coletes balísticos, um revólver calibre 38, munições deflagradas, coquetéis molotovs, galões de combustíveis e um veículo. Um policial foi lesionado na mão, mas não corre risco de morte. Não houve registro de feridos nas ocorrências registradas após a madrugada do dia 6.

About the author

Related

WhatsApp chat