Parlamentares visitam obras de reforma do prédio sede da Alap

 

O presidente da Assembleia Legislativa do Amapá, deputado Kaká Barbosa (PR), apresentou aos parlamentares Oliveira Santos (PRB), Max da AABB (SD), Paulo Lemos (Psol), Israel Júnior (PR) e Edna Auzier (PSD) as principais mudanças da nova estrutura feita no prédio onde funciona o poder Legislativo. A obra tem como principal item a questão da acessibilidade, com elevador e banheiros para pessoas com deficiência física, além dos gabinetes que ganharam nova arquitetura e passaram a ter a mesma edificação.

 

A visita ocorreu no fim da manhã desta terça-feira (9). A nova estrutura interna chamou atenção dos parlamentares que estiveram no local. A deputada Edna Auzier elogiou a atitude do presidente em reformar o prédio e entregar à sociedade um espaço digno para receber os populares, servidores e os deputados. “Estou feliz com o resultado do trabalho, as pessoas com deficiência agora terão condições de acessar o plenário e qualquer dependência do prédio. Isso é respeitar o cidadão e garantir a eles o direito de reivindicar”, destacou.

 

Oliveira Santos, Max da AABB, Israel Júnior e Paulo Lemos ficaram satisfeitos com o resultado. Os gabinetes, antes mal divididos, ganharam espaços e salas para receber as pessoas que procurarem os deputados, como também, condições para desenvolver as atividades do dia a dia.

 

Para o presidente do Legislativo, a obra fará diferença na atual gestão. “Tem 30 anos que o prédio não passa por uma reforma e agora foi totalmente otimizado com adaptações para a acessibilidade, banheiros para pessoas com deficiência, elevador, os gabinetes com melhores comodidades para que o parlamentar possa receber o cidadão e tantas outras mudanças”, descreveu Kaká Barbosa.

 

Quando as atividades do Legislativo retornarem à sede oficial, quem visitar a Casa irá se deparar com mudanças significativas. A primeira delas na entrada. O espaço foi reduzido e irá contar com detector de metais. “Com as alterações, o acesso será bem mais organizado e as pessoas bem mais orientadas. A gente quer um prédio com mais segurança, não somente para os deputados, mas também para todos que virão à Assembleia Legislativa, bem como para os servidores”, disse o presidente.

 

“Não estamos inovando, apenas nos adequando ao modelo de outras Assembleias Legislativas, onde a nossa não ofertava condições de oferecer tais serviços por conta da falta de estrutura do prédio”, complementou Kaká. Outros setores como Secretaria Legislativa, Comissões, Informática, Comunicação também terão espaços otimizados. A estimativa é que a obra seja entregue em breve.

 

 

About the author

Related

WhatsApp chat