Policia Civil identifica mulher que utilizava perfil falso para proferir ofensas na internet

A Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio da 6ª Delegacia de Polícia da capital, em um trabalho conjunto com a Unidade de Informática da instituição, identificou uma mulher de 24 anos de idade como sendo suspeita de proferir palavras ofensivas a reputação de outras duas mulheres, de 24 e 15 anos de idade, e de divulgá-las na rede social.

Por meio de uma conhecida plataforma de relacionamento social pela internet, a suspeita, utilizando duas contas falsas, também chamadas de “perfil fake”, ocultando, dessa forma, a identidade, redigiu textos ofensivos, relacionando-os às fotografias em que aparecem as duas vítimas, ferindo, dessa forma, a honra e o decoro dessas pessoas perante a sociedade.

Através da investigação do “Uniform Resource Locator” do perfil de onde partiram as ofensas, a Unidade de Informática da Polícia Civil conseguiu identificar a pessoa que havia criado a conta falsa.

De acordo com o Delegado de Polícia Leandro Leite, da 6ª Delegacia de Polícia, “com o avanço da tecnologia e da comunicação virtual, cada dia é mais comum que as pessoas pratiquem ofensas por meio da internet e a Polícia Civil tem se preparado para o enfrentamento desses crimes”.

A suspeita de 24 anos de idade foi intimada a comparecer na Delegacia e confessou a prática do fato. O perfil falso foi cancelado.

A pena para o crime de difamação por meio da internet é de detenção de 03 meses a 01 ano e multa.

About the author

Comunicólogo e Jornalista por formação, Rádio-apaixonado e Social Media. 23 anos. Fazendo a segunda graduação na Universidade Federal do Amapá, acadêmico de Letras/Francês.

Related

WhatsApp chat