POLÍCIA CIVIL INDICIA SERVIDORA PÚBLICA POR FALSIFICAÇÃO DE DOCUMENTO

Técnica de enfermagem vendia atestados médicos falsos.Por: Assessoria de Comunicação

 Foto: Polícia Civil do AmapáDelegada Lívia Pontes

A Poícia Civil do Amapá indiciou, na manhã desta quarta feira, 30, uma técnica de enfermagem, de 36 anos de idade, servidora estadual, lotada na maternidade Mãe Luzia por, em tese, vender atestados médicos falsos.

De acordo com as investigações, no mês de outubro de 2018, o funcionário de um conhecido restaurante da cidade apresentou atestados médicos falsos para justificar as faltas ao serviço. No curso do inquérito, policiais da 6ª Delegacia de Polícia da Capital localizaram a pessoa que havia fornecido os dois atestados falsos ao funcionário pelo valor de R$ 50,00 (cinquenta reais), bem como a técnica de enfermagem que tinha falsificado os atestados, utilizando, para tanto, o carimbo de uma médica da maternidade, cuja rubrica aquela forjou.

Apesar de a indiciada ter negado os fatos, a perícia pôde comprovar que a assinatura aposta no documento seria da técnica de enfermagem e não da médica, pois, após analisar sua assinatura com aquela constante no atestado, o perito encontrou coincidências de características gráficas como velocidade, forma, ataques, arremates e etc.

A Delegada responsável pelo Inquérito Policial, Lívia Pontes, informou que o funcionário faltoso foi indiciado pelo crime de uso de documento falso, enquanto a técnica e e a pessoa que intermediava a venda dos atestados responderão pelo delito de falsificação de documento público.

About the author

Related

WhatsApp chat