POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMICIDA NO MOMENTO DA FUGA

Autor e pivô do crime passional estavam dentro da embarcação, em Santana AP.Por: Assessoria de Comunicação

 Foto: Polícia Civil do AmapáDelegados da Polícia Civil e Indiciados no crime.

A Polícia Civil do Estado do Amapá prendeu no Porto de Santana, na sexta-feira (4), acusado de ser o autor de um homicídio, motivado por uma suposta traição amorosa na zona sul de Macapá.

Delegado Luiz Carlos, DECIPE, estava a frente das investigações e efetuou a prisão quando o autor, Rodrigo Palmeirim, tentava viajar para Almerin, no Pará, junto com a namorada Nayra Moraes, pivô do desentendimento.

Segundo do Delegado “Focamos em uma linha de investigação que nos leva ao suspeito. O Rodrigo desapareceu logo após o assassinato. Descobrimos que ele havia viajado para Oiapoque. No regresso, já teria combinado a viagem com essa mulher. Ele passou rapidamente por Macapá, mas já estávamos fazendo o monitoramento. Representamos pelo pedido de prisão que foi decretada. A prisão ocorreu no interior do barco”.
De acordo com testemunhas, Josué da Gama estaria se relacionando com Nayra Moraes, namorada do suspeito. Em depoimento, Nayra Moraes afirmou que já não havia nenhum relacionamento amoroso com Rodrigo Palmerim. Porém, o que chamou a atenção da polícia é que ela viajaria junto com o acusado, o que reforça a tese de crime por motivação passional.

Rodrigo recebeu voz de prisão e foi encaminhado para o Iapen. A Prisão é temporária de 30 dias, mas no decorrer da investigação pode ser transformada em preventiva. Nayra, apesar de estar sendo alvo de investigação, responde em liberdade.

About the author

Related

WhatsApp chat