VIGILÂNCIA SANITÁRIA INTERDITA E AUTUA FARMÁCIAS EM MACAPÁ

A Vigilância Sanitária realizou nesta sexta-feira, 20, ação de fiscalização em duas farmácias da capital, onde foram feitas notificação, apreensão e interdição de um estabelecimento. A atividade dá continuação às ações que são feitas durante o ano e buscam garantir a qualidade e a segurança na venda de medicamentos.

Uma das farmácias, que fica localizada no bairro Zerão, foi interditada e teve os medicamentos apreendidos por estarem armazenados em temperatura inadequada. “Neste caso, o estabelecimento, além de não possuir licença, armazena os medicamentos em temperatura inadequada. O local não possui refrigeração, comprometendo a composição e eficácia do produto. Os remédios vencidos serão incinerados e os que estão no prazo de validade poderão ser retirados pelo proprietário mediante a apresentação das notas fiscais. Mesmo assim, eles não poderão ser comercializados”, explica a farmacêutica da Vigilância Sanitária, Jocileide Moraes.

 

Outro estabelecimento, que fica na zona norte, passou por uma nova inspeção, pois já havia sido notificado a sanar pendências quanto à licenciamento e armazenamento. Este não foi interditado, pois sanou grande parte das irregularidades e está com processo de regularização em andamento. A Vigilância Sanitária fica localizada na Av. General Osório, nº 365, Laguinho, e é responsável por ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e da circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde, com atendimento ao público para denúncias, licenciamento e demais processos de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

 

O estabelecimento interditado só será reaberto após uma nova vistoria e apresentação das licenças municipal e federal, além do registro junto ao Conselho Regional de Farmácia.

 

Jamile Moreira

About the author

Related

WhatsApp chat