1ª ExpoBúfalo abre espaço para artesãos comercializarem seus produtos

0
2
Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo disponibilizou 30 estandes para artesãos e grupos de economia solidária.

Por: Gabriel Dias

 Foto: André Rodrigues/Secom
População que visitou a ExpoBúfalo encontrou produtos de qualidade, preços acessíveis e bom atendimento

O Governo do Estado do Amapá disponibilizou 30 estandes destinados aos artesãos e grupos de economia solidária durante os quatro dias de programação da 1ª ExpoBúfalo, evento que ocorre no Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá, desde quarta-feira, 30, com encerramento neste sábado, 2.

Foram 15 artesãos no espaço, onde a população pôde comprar peças em madeira, cerâmica, sementes, biojoias, cipó e outras matérias extraídas da natureza. E mais 15 grupos de economia solidária que comercializaram bonecas, camisas, almofadas e outras peças feitas em pano, EVA, feltro e outros materiais.

A artesã, Sueli Silva, afirmou que o evento foi uma excelente oportunidade para os artesãos divulgarem e vender seus produtos. “Eventos com essa proporção são importantes, principalmente, para divulgar nosso trabalho e realizar negócios, devido ao fluxo de pessoas que vêm visitar a feira”, observou.

A Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) cadastrou 132 pessoas, entre artesões, empreendedores populares e grupos econômicos solidários. Todos foram, devidamente, abrigados em estandes padronizados pelo governo. A população que visitou a ExpoBúfalo encontrou produtos de qualidade, preços acessíveis e bom atendimento.

1ª ExporBúfalo

A 1ª ExpoBúfalo do Amapá teve por finalidade dar visibilidade ao potencial e importância da criação do búfalo para a economia local. O evento representa um marco para a pecuária amapaense, uma vez que o Estado recebeu o certificado internacional de livre da febre aftosa com vacinação.

GALERIA DE FOTOS

 Créditos:André Rodrigues/Secom