1ª Vara Criminal de Santana inicia julgamento de acusado de assassinar policial militar

0
34
????????????????????????????????????

julgaacupmstn 1julgaacupmstn 3

Sob a presidência da juíza substituta Mayra Júlia Teixeira Brandão, a 1ª Vara Criminal de Santana iniciou, na manhã desta quinta-feira (02), o julgamento do réu Kleber Pantoja de Lima, de 22 anos, acusado do homicídio duplamente qualificado do policial militar Agenildo Quaresma Ferreira Júnior.

O Ministério Público do Amapá, no ato representado pelo promotor de Justiça Anderson Batista Souza, pede a condenação do réu baseado nas provas existentes nos autos do processo.  “A denúncia é de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e por dificultar a defesa da vítima”, afirmou durante o julgamento.

O crime aconteceu quando o policial, segundo consta na Ação Penal de número 0002632-42.2017.8.03.0002, teria ido a uma área de ressaca conhecida como “ponte do padeiro” em Santana, na tarde do dia 23 de outubro de 2016, para resgatar um irmão por suposto envolvimento com crimes e consumo de drogas.

julgaacupmstn 7julgaacupmstn 4

Ainda de acordo com a denúncia do Ministério Público, o réu, que chegou a confessar o homicídio alegando legítima defesa, teria disparado contra a vítima com uma arma de fogo caseira, finalizando o crime com golpes de madeira, auxiliado por outros dois comparsas.

O policial chegou a ser encaminhado para o Hospital de Emergências (HE) em Macapá, onde passou por cirurgia para retirada das balas, porém morreu na noite do dia 26 de outubro.

O advogado de defesa, Pauhiny Pinto, trabalha com a hipótese de legítima defesa. “Pelo que consta nos autos, o policial teria disparado em média 10 tiros, dois desses disparos teriam atingido a casa do meu cliente, que por sua vez revidou contra o policial para manter sua integridade física e da sua família”, argumentou.

O julgamento foi iniciado às 08h30 e prossegue agora à tarde.

Erro › WordPress

Há um erro crítico no seu site.

Aprenda mais sobre depuração no WordPress.