Instituto de Prevenção Hospital de Amor Amapá fará cerca de 8 mil atendimentos mensais – Correio Amapaense

Instituto de Prevenção Hospital de Amor Amapá fará cerca de 8 mil atendimentos mensais

Entrega do prédio acontece neste sábado, 15, e inauguração está prevista para fevereiro de 2018.

 

 Foto: Maksuel Martins / Secom
Unidade do Hospital de Amor deverá iniciar atendimentos ao público a partir de fevereiro de 2019

Com as obras finalizadas e a inauguração prevista para fevereiro de 2019, o Instituto de Prevenção Hospital de Amor Amapá irá realizar cerca de 8 mil atendimentos mensais. Também fará parte desses atendimentos a unidade móvel (carreta) de diagnóstico, que vai percorrer todo o Amapá.

Quando inaugurada a unidade terá capacidade para realizar, aproximadamente, 500 exames por dia, inicialmente nas áreas de câncer de mama e colo de útero, considerados de maior incidência no Estado. Posteriormente a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e o hospital pretendem habilitar, também, outros procedimentos para o rastreamento do câncer de próstata, pele e boca.

Entre os exames que serão feitos estão Papanicolau, mamografia, biópsias de colo uterino, endométrio e vulva, biópsia percutânea orientada por tomografia computadorizada, ultrassonografia, ressonância magnética, raio-x, além de pequenas cirurgias ambulatoriais em que não será necessária internação, apenas observação dos pacientes.

O instituto tem dois centros cirúrgicos, salas para os exames, consultórios médicos para os atendimentos e leitos de observação. Ele será administrado pelo Hospital de Amor através de um convênio com o Governo do Estado do Amapá (GEA) que irá custear a manutenção e funcionamento da unidade.

A obra é uma articulação do governo do Estado com o Hospital de Amor e bancada federal que destinou R$ 22 milhões em emenda direcionada, além de contrapartida do Estado de R$ 3 milhões na infraestrutura de entorno do como instalação elétrica e hidráulica, sistema de esgoto e obras de mobilidade urbana.

Hospital de Amor

Referência no tratamento e prevenção da doença no Brasil, a direção do Hospital do Câncer de Barretos decidiu mudar o nome das suas unidades em todo o país, para Hospital de Amor, como forma de mostrar que o melhor remédio para tratar a doença é, antes de tudo, o amor.

About the author

Related