Governo capacita servidores públicos para o retorno das atividades presenciais

0
31
Neste primeiro momento a retomada pós-isolamento envolve colaboradores que são dos grupos essenciais, infraestrutura e prestação de serviço.
O planejamento das habilitações para a volta do serviço público é coordenado pelo Gabinete do Governador, SVS e EAP.

O Governo do Amapá montou uma série de capacitações online para o chamado novo normal no Serviço Público. As ações iniciaram na segunda-feira, dia 10, e envolvem cerca de 60 órgãos do estado em uma iniciativa que marca o retorno dos servidores às atividades presenciais.

O planejamento das habilitações para a volta do serviço público é coordenado pelo Gabinete do Governador, Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e Escola de Administração Pública (EAP).

Neste primeiro momento a retomada dos trabalhos pós-isolamento envolve os colaboradores dos grupos essenciais, infraestrutura e prestação de serviço. Em seguida serão os grupos de Desenvolvimento Econômico, Gestão e Serviços, Cultura, Turismo e outros.

As ações apresentadas aos colaboradores do Estado consistem em uma série de atividades educativas que buscam prevenir a proliferação do novo coronavírus e também incentivar o servidor a utilizar as ferramentas virtuais para exercer o teletrabalho.

Os assuntos são apresentados através de vídeos exibidos pelo WhatsApp, Google Meet e Facebook. Após acompanhar os assuntos, o colaborador responderá a um questionário e obtendo nota mínima o mesmo receberá um certificado. Cada trilha de capacitação tem duração de uma semana.

“Montamos um plano virtual para mostrar ao servidor que precisamos manter os cuidados e nos prevenir. Mas também estamos incentivando os funcionários da gestão pública a necessidade de instruir-se de como será o novo normal dentro do serviço público”, destacou o gestor da EAP, Jorielson Nascimento.

Medidas de proteção

Os servidores públicos e colaboradores que voltarão ao trabalho deverão, obrigatoriamente, manter a distância mínima de 4 metros uns dos outros; usar mascaras de proteção, álcool em gel e lavar as mãos constantemente.

É importante ressaltar que os servidores devem estender as medidas de proteção para as suas residências, tomando todos os cuidados necessários para não colocar a saúde de seus familiares em risco.

Por: Weverton Façanha

 

 Foto: Arquivo/Secom