ALUNOS PRODUZEM BOLSAS A PARTIR DE CAIXAS DE LEITE

0
1

Estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Eunice Picanço participaram de uma atividade especial na noite de segunda-feira, 25. Por meio de material reciclado, eles puderam produzir bolsas artesanais a partir de caixas de leite. O curso surgiu a partir de outro projeto voltado para o empreendedorismo, aplicado pelo Sebrae na escola.

O objetivo é que os alunos possam aprender e desenvolver métodos alternativos para empreender no mercado de trabalho, além de possibilitar a preservação ambiental com o uso de material reciclado. “Foi um curso muito bom, pois é mais um aprendizado que temos e, continuando, podemos até mesmo tirar um bom proveito financeiro, uma renda. Nunca imaginei que poderia fazer uma bolsa de caixa de leite e agora não irei parar mais”, contou a dona de casa Ana Maria de Melo Barros, 44 anos.

Segundo a diretora da Escola Eunice Picanço, Cilene Brito, o curso é um modo de permitir novas descobertas aos estudantes de fácil acesso e com praticidade. “Após recebermos a equipe do Sebrae aqui, por meio da Divisão de Educação de Jovens e Adultos, tivemos a oportunidade de apresentar diversos projetos para os professores e coordenadores da escola. Então, tivemos essa preocupação de dar continuidade a esse processo, trazendo algo novo e que possa somar com a renda desses estudantes”, ressaltou.

Um dos alunos presentes no curso é deficiente auditivo e o momento, além de ensino, tornou-se também inclusivo. “Um dos nossos estudantes é surdo, portanto, sempre temos essa dificuldade de incluí-lo. Mas hoje isso foi possível e muito gratificante de presenciar, e é por esse tipo de ensino inclusivo que a escola trabalha”, complementou a diretora. Foram quase 20 alunos da EJA participando do projeto, que iniciou na quarta-feira, 20, e terminou na segunda, com dois dias de atividades ministradas pela jornalista Aline Brito.