Aos 73 anos, morre a professora Marizete de Alencar – Correio Amapaense

Aos 73 anos, morre a professora Marizete de Alencar

A professora aposentada, Marizete Amador de Alencar, 73 anos, morreu no início da noite desta segunda-feira, 02, em Macapá. A educadora sofria de diabetes há um ano e meio e estava internada no Hospital São Camilo e São Luís, mas faleceu em decorrência de septicemia (falência múltipla dos órgãos).

Professora Marizete, como era conhecida, atuou em várias unidades escolares da capital amapaense. O corpo está sendo velado na Capela Santa Maria, na Rua Hamilton Silva e o sepultamento ocorrerá no final da tarde de hoje, dia 03, no Cemitério São José, no bairro Santa Rita.

 

Carreira

Natural de Macapá, Marizete de Alencar nasceu no dia 02 de fevereiro de 1945. Era filha de Raimunda Martins Brandão. Foi docente das escolas Vicente Rêgo Barros, Coaracy Nunes, Princesa Izabel e Irmã Santina Rioli. Teve sua última atividade profissional, por muitos anos, na biblioteca do Centro Estadual de Língua e Cultura Francesa Danielle Mitterrand.

 

Família

Marizete deixa esposo, o também professor Otni Miranda de Alencar, 5 filhos (Otoniel, Otiniel, Otizete, Otinete e Otni Júnior), 8 netos e 2 bisnetos.

 

About the author

Comunicólogo e Jornalista por formação, Rádio-apaixonado e Social Media. 23 anos. Fazendo a segunda graduação na Universidade Federal do Amapá, acadêmico de Letras/Francês.

Related

JOIN THE DISCUSSION