Apesar da vantagem, bicolores veem o Santos-AP como um time perigoso

0
2

Peça importante na vitória por 3 a 2 sobre o Santos-AP na partida de ida da segunda fase da Copa Verde, Marcão destacou que a equipe conseguiu uma boa vantagem em Macapá, mas lembra que o time não irá relaxar e vai buscar outro resultado positivo, no duelo de volta, na noite desta quinta-feira (15), no Estádio da Curuzu.

“A gente conseguiu um grande resultado fora de casa. Nós marcamos três gols e isso nos dá um pouco de tranquilidade, mas sabemos que não tem nada resolvido ainda. A gente respeita bastante a equipe do Santos, mas temos que entrar em busca da vitória, estamos jogando em casa e com o apoio do torcedor. Isso é fundamental para nos dar mais confiança para o restante da competição”, afirmou o goleiro.

Na entrevista coletiva concedida na véspera da partida, o jogador elogiou a equipe adversária, mas avisou que o Paysandu está pronto. “O Santos é uma equipe muito perigosa, que joga com um centroavante centralizado, dois jogadores de correria pelas beiradas e se utiliza bastante de bola aérea. Então temos que redobrar bastante a atenção, mas estamos preparados para o que der e vier. Fizemos treinos específicos para isso”, completou.

O goleiro Marcão alerta para as jogadas mais perigosas do adversário

Paysandu e Santos-AP se enfrentam nesta quinta-feira (15), no Estádio da Curuzu, às 21h15. Para se classificar rumo às semifinais da Copa Verde, o time bicolor pode empatar ou até perder por 1 a 0 ou 2 a 1. Os ingressos para o jogo continuam à venda.

Texto: Vitor Castelo
Imagem: Jorge Luís Totti

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui