Após cheia, Laranjal do Jari enfrenta risco de contágio de doenças e água poluída – Correio Amapaense

Após cheia, Laranjal do Jari enfrenta risco de contágio de doenças e água poluída

 

 

Moradores recebem ações de combate ao Aedes aegypti, que transmite doenças como a dengue e a chikungunya. Pelo menos 8 bairros já foram atingidos com o aumento do nível do rio Jari.

Moradores de Laranjal do Jari, estão sendo orientados quanto ao uso de água contaminada e possível contágio de doenças, após a cheia do Rio Jari, que banha a cidade. Pelo menos 8 bairros já foram atingidos com o aumento do nível do rio em abril.
As ações de vigilância em saúde querem evitar outros danos além do alagamento. Por essa razão, o combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite doenças como a dengue e a chikungunya, é realizado na cidade, com borrifação de inseticida e inspeção das casas.

De acordo com a Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) do Amapá, que forneceu a bomba de nebulização, a borrifação acontece até sábado (28), das 6h às 8h e das 18h às 20h. Além disso, os moradores também recebem orientações quanto ao uso de água possivelmente contaminada.

FONTE: JARI NOTICIAS

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION