Assembleia Legislativa aprova Projeto de Lei que estrutura a carreira dos bombeiros militares – Correio Amapaense

Assembleia Legislativa aprova Projeto de Lei que estrutura a carreira dos bombeiros militares

 

Com o plenário lotado pelos bombeiros militares, os deputados aprovaram por unanimidade, na sessão ordinária desta terça-feira (27), o Projeto de Lei, de iniciativa do Executivo, que estabelece a nova Lei de Organização Básica (LOB) do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM/AP), que fixa o efetivo da corporação. A LOB beneficiará cerca de 200 bombeiros militares, que poderão ser promovidos.

17“Hoje é um dia de conquista de toda a tropa”, frisou o presidente da Associação dos Cabos e Soldados do Amapá, cabo Jones Araújo, agradecendo os deputados e todos os militares engajados na elaboração do projeto que beneficiará a categoria. “Vale lembrar que, durante a crise que passou o país, alguns estados congelaram as promoções de militares e o governador, além de garantir ascensão, ainda autorizou que a LOB fosse trabalhada de uma forma a beneficiar a todos”, frisou o cabo Jones, destacando que nunca houve uma redistribuição de vagas como a que está sendo aprovada na LOB, assinada no dia 9 de março, pelo governador do Estado, Waldez Góes (PDT), em solenidade realizada no Palácio do Setentrião, com a presença dos bombeiros militares.

18O relator do projeto, deputado Charles Marques (PSDC), ressaltou mais uma conquista dos bombeiros, com a abertura de 150 vagas para o curso de cabos combatentes, autorizado pelo Governo do Estado. “É tempo de comemorar. Essa lei foi construída a quatro mãos, com a participação dos militares, do governo, por meio da Mesa do Servidor, dos deputados e, principalmente, da Associação dos Cabos e Soldados do Amapá”, comentou Charles Marques, justificando o voto.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Wagner Coelho, ressaltou a importância da aprovação do projeto, que é uma estrutura que perdurará por mais de dez anos em relação as demais corporações do Brasil.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION