Atualização de dados do Programa Passe Livre Estudantil encerra nesta sexta-feira, 9 – Correio Amapaense

Atualização de dados do Programa Passe Livre Estudantil encerra nesta sexta-feira, 9

Na próxima segunda-feira, 12, inicia a etapa de cadastramento para os novos beneficiários. Cerca de 6 mil pessoas devem ser beneficiadas pelo programa.
Por: Nathacha Dantas

 Foto: Maksuel Martins
A previsão é que, a partir do mês de abril, os usuários já estejam usufruindo do benefício do Passe Livre Estudantil

O prazo para atualização cadastral dos estudantes que utilizam os cartões de meia-passagem nos transportes coletivos encerra nesta sexta-feira, 9. A atualização é necessária para que os atuais beneficiários possam se adequar aos critérios do novo programa Passe Livre Estudantil e continuar usufruindo do benefício.

A atualização de dados iniciou no dia 28 de fevereiro. Os que ainda não comparecerem têm até esta sexta para se regularizar ou poderão ter o benefício bloqueado. Os atendimentos estão sendo realizados das unidades da Rede Super Fácil: Centro, Zona Sul, Zona Norte, Beirol, em Macapá. E em Santana, das 8h às 18h.

Novos cadastros

Na próxima segunda-feira, 12, inicia a etapa de cadastramento para os novos beneficiários. Os estudantes e universitários de Macapá e Santana, interessados e que atendem aos critérios do programa, devem realizar o cadastro até o dia 23 de março, nos mesmos pontos de atendimento e horários acima citados. No município de Mazagão, o processo vai até o dia 14 de março.

Abrangência

Com o Programa Passe Livre Estudantil (PLE), o governo do Estado estima alcançar, em média, mais 4 novos mil estudantes, ampliando o benefício para as redes municipal e federal de ensino. Somando com os 2 mil estudantes que já eram usuários do passe social e que estão migrando para o PLE, serão ao todo 6 mil beneficiários, em todos os municípios amapaenses que possuem o sistema de bilhetagem eletrônica nos coletivos.

Documentação

No momento da atualização cadastral, o beneficiário deve apresentar declaração escolar atualizada e ficha individual da instituição regular de ensino; Carteira de Identidade, CPF do aluno do responsável e Carteira de Trabalho (do responsável); carteira de Passe Escolar e o comprovante de recadastramento 2018 do Setap; comprovante de residência atualizado; folha resumo do Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal; comprovante de renda do (a) estudante (a) e/ou do responsável.

Após esse processo, será feita a análise socioeconômica, de acordo com as informações contidas no sistema do programa. A análise será feita por técnicos da Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (Sims) para aprovação do cadastro. A previsão é que, a partir do mês de abril, os usuários já estejam usufruindo do benefício.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION