Augusto Aguiar denuncia aumento no consumo de energia – Correio Amapaense

Augusto Aguiar denuncia aumento no consumo de energia

10

O deputado estadual Augusto Aguiar (MDB) engrossa a fileira dos parlamentares que empunharam a bandeira da luta contra os aumentos abusivos no valor da tarifa de energia elétrica no Amapá. Durante sua fala, nas comunicações inadiáveis da sessão desta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa, o parlamentar citou que a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) tem aumentado de forma descontrolada o preço da tarifa, prejudicando milhares de consumidores que ficaram insatisfeitos com o consumo captado pela empresa. “O que subiu bastante foi o consumo”, observou Augusto Aguiar, exemplificando que, em 2017, uma casa que antes consumia cerca de 400 quilowatts/mês, menos de um ano depois, sem aumentar o número de eletroeletrônicos, o consumo passou para 1.300 quilowatts/mês. “Ao procurar a Companhia de Eletricidade, a orientação que recebe é para fazer um parcelamento, endividando ainda mais o consumidor”, frisou o parlamentar, que orienta as pessoas a procurarem a Justiça. “Montaram uma quadrilha dentro da CEA para arrecadar dinheiro”, denunciou.
Em menos de um mês, a tarifa sofreu dois reajustes concedidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). No dia 11 de setembro foi 11,8%, duas semanas depois, o aumento foi de 37,36%. Augusto Aguiar disse que já solicitou da Companhia informações que justifique o aumento, mas a concessionária não disponibilizou todos os dados. “Se o relatório não justificar o aumento nas contas de luz, os diretores da CEA podem ser chamados para dar esclarecimentos na Assembleia”, informou o parlamentar, que entrará com requerimento solicitando a realização de uma auditoria interna na Companhia. “Será solicitado um técnico do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e o acompanhamento do Ministério Público Estadual”, assegurou o deputado, cobrando da presidência da Assembleia Legislativa a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da CEA, que já foi aprovada por meio de requerimento de sua autoria, mas esta parada na Casa.

Texto: Everlando Mathias
Fotos: Jaciguara Cruz

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION