Bolsa Família: governo anuncia reajuste de 5,67%, e benefício vai a R$ 187,79

0
17

Ainda de acordo com a pasta, o reajuste cobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), acumulado de julho de 2016 a março deste ano, que foi de 4,01%.

O reajuste vinha sendo discutido há meses e a expectativa era que fosse maior do que a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que atualmente é de 2,95%.

No mês passado, ao falar sobre o reajuste, o presidente Michel Temer havia dito que não pretende acabar com o benefício, mas garantir a evolução do programa até a substituição por outro que foque na geração de empregos aos filhos dos atuais beneficiários do Bolsa Família.

Em 2016, o reajuste foi de 12,5%. Atualmente o benefício é concedido a 13,7 milhões famílias em todo o país.

O programa de transferência de renda foi criado para contribuir no combate à pobreza e à desigualdade social no Brasil. As famílias interessadas em participar devem se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.