Bombeiros concluem primeira Pós-Graduação em Gestão de Pessoas ofertada pelo GEA

0
1
O Corpo de Bombeiros Militar (CBM/AP) promoveu nesta sexta-feira, 15, uma solenidade para encerrar o curso de Pós-Graduação em Gestão de Pessoas, a primeira oferecida na área pelo Governo do Estado do Amapá (GEA) a 36 militares da corporação. O evento ocorreu no auditório Santana do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AP), em Macapá, e contou com a presença de familiares dos formandos e autoridades civis e militares.

A especialização visa o aperfeiçoamento dos militares nas diversas áreas de atuação da atividade de um bombeiro. O investimento na capacitação foi resultado de esforço da Coordenadoria de Programas e Projetos do CBM/AP com a Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), na captação de recursos federais. No valor de R$ 205,7 mil, o recurso foi adquirido através de emenda parlamentar do senador Randolfe Rodrigues com contrapartida do Governo do Amapá.

Os participantes receberam certificado de conclusão da Pós-Graduação em Gestão de Pessoas. A especialização durou um ano e nove meses, encerrando em abril de 2018, sendo ministrada por uma faculdade particular de Macapá.

Lotado a um ano e meio no grupamento do município de Laranjal do Jari, o segundo tenente Téofran Gomes, enfrentou quilômetros de estrada durante o período de curso, tudo em busca do aperfeiçoamento.

“Momento de celebrar mais essa conquista na carreira militar e que vai me ajudar no trabalho dentro da corporação”, comemorou Teófran Gomes.

Já o major Clauberto Cunha, há 27 anos na corporação, um dos mais antigos do quadro dos bombeiros a participar da qualificação, destacou que para prestar um bom atendimento à sociedade, uma instituição precisa investir na qualificação de seu pessoal. “Melhorar nosso atendimento à população foi o principal foco que buscamos durante esse curso”, ressaltou.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Carlos Souza, destacou que universalizar a formação foi o grande diferencial do curso, que envolveu soldados, cabos e oficiais. Outro ponto destacado pelo gestor foi a melhoria na qualidade dos serviços que os militares terão a partir de agora, com a formação. “Investir na qualificação pessoal é fundamental para que o cidadão receba um melhor serviço com qualidade”, orientou.

Segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Wagner Coelho, não se trata de um curso voltado especificamente às atividades da corporação, mas, sim, abrange um leque de noções em diversas áreas de atuação. “Nesta especialização, os formandos aprenderam boas práticas de como lidar com as pessoas e administração de recursos humanos, o que é de grande importância para todos os bombeiros”, concluiu.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui