Bope prende gang que usava menores para assaltar em Macapá

0
448

O Batalhão de Operações Especiais, na tarde de anteontem (10), esteve imbuído, mais uma vez, no atendimento de uma ocorrência crítica, em que pessoas foram feitas de reféns, no interior de uma loja, no centro de Macapá.
A ocorrência iniciou-se logo após um trio criminoso ter anunciado o roubo ao estabelecimento comercial, porém a atitude dos infratores foi notada e ligações foram feitas para o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (CIODES), que repassou as informações, via rede de rádio, para as equipes de serviço, viabilizando a rápida chegada de policiais do 6° batalhão e do batalhão de Força Tática ao local, que bem conduziram a ocorrência até a chegada do BOPE, que, por sua vez, isolou todo o perímetro próximo e iniciou o processo de gerenciamento de crises. Para este processo, contou com a contribuição do batalhão de trânsito, além dos batalhões já mencionados.
A crise foi solucionada, adequadamente, após três horas de negociação, conduzida por uma equipe de negociadores do BOPE, que conseguiu convencer os criminosos armados a liberarem os reféns e se entregarem, sem qualquer resistência. Duas armas de fogo e um simulacro (réplica de uma pistola) foram apreendidas.
Vale ressaltar que, dois dos causadores do evento crítico eram menores, um de 14 e outro de 16 anos, reincidentes em atos infracionais. Mais um ótimo trabalho entre os batalhões da PMAP. Polícia Militar para servir e proteger!