Busca por empregos leva centenas de pessoas ao Zerão no Dia do Trabalhador

0
1
Fila começou ainda pela madrugada. Mais de 100 vagas foram oferecidas pelo Serviço Nacional de Empregos (Sine), durante ação do GEA.

 

 Foto: Marcelo Loureiro/Secom
Posto do Sine foi montado no Estádio Zerão para a programação do Dia do Trabalhador, organizada pelo Governo do Amapá

Há oito meses desempregada, Miriam da Silva do Carmo, 31 anos, chegou ao Estádio Olímpico Milton de Souza Correa, o Zerão, por volta das 7h desta terça-feira, 1º, na esperança de conseguir a tão sonhada vaga de emprego. Moradora do bairro Araxá, em Macapá, mãe de duas crianças, ela aguardava na fila, a vez para tentar uma vaga de operadora de caixa ou recepcionista.

“Todos os dias eu saio em busca de emprego pelo Centro da cidade, nos supermercados e, hoje, estou aqui na esperança de conseguir essa vaga”, Miriam da Silva, 31 anos

Como Miriam, centenas de pessoas procuraram o posto do Serviço Nacional de Empregos (Sine), órgão ligado à Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete), que foi montado no Estádio Zerão, para a programação Dia do Trabalhador, organizada pelo Governo do Estado do Amapá (GEA).

Houve também quem atravessasse a cidade pra tentar conseguir um emprego. Maria Rosa da Silva, que mora no bairro São Lázaro, Zona Norte, saiu cedo de casa. Desempregada desde outubro de 2017, Maria chegou ao local esperançosa. “Temos sempre que acreditar que vai dar certo”, declarou.

A secretária do Trabalho e Empreendedorismo, Maraína Martins, informou que mais de 100 vagas de diferentes áreas foram disponibilizadas para a ação. “Foram três meses conversando com a iniciativa privada em busca de vagas para que, hoje, pudéssemos ofertar para estas pessoas que estão fora do mercado de trabalho”, frisou.

As diferentes vagas disponibilizadas foram de professor de inglês, técnico em enfermagem, vendedor interno e pracista, operador de caixa, operador de empilhadeira, motorista, padeiro, pedreiro, auxiliar de cozinha, entre outras.

Aqueles que foram ao local, mas não se encaixaram nas exigências para a vaga de emprego, tiveram seus currículos adicionados banco de empregos do Sine.

GALERIA DE FOTOS

 Créditos:Marcelo Loureiro / Secom

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui