Buscando novas experiências para o reforço nas políticas ao trabalhador

0
1
Amapá reforça políticas ao trabalhador com experiência de Jaboatão dos Guararapes
Comitiva da Secretaria do Trabalho conheceu a Agência do Trabalhador, fomento à economia solidária e ao artesanato.

 Foto: Ascom/Sete
Na visita à Agência do Trabalhador foi possível conhecer de perto toda a dinâmica de atendimento ao cidadão

Com a finalidade de tornar as ações do Sistema Nacional de Emprego (Sine) no Amapá ainda mais eficientes, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete), foi buscar experiências bem sucedidas de projetos no setor econômico desenvolvidos pela Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco (PE). O foco é o fomento para a geração de emprego e renda. A visita ocorreu no período de 27 de fevereiro a 1º de março.

Para a secretária do Trabalho e Empreendedorismo do Amapá, Maraína Martins, Jaboatão dos Guararapes é uma referência nacional quanto à implantação de Agências do Trabalhador, que são polos do Sine, programa Jaboatão Invest, capacitação profissional em diversas áreas do conhecimento voltadas ao mercado de trabalho, além de atrair investimentos de empresas privadas com a desburocratização da máquina pública.

A Agência do Trabalhador de Jaboatão dos Guararapes é considerada um exemplo de funcionalidade quanto à captação de vagas, intermediação de mão de obra e qualificação social e profissional.

“A orientação do governador Waldez Góes é criarmos mecanismos, projetos e programas que atendam às demandas do trabalhador amapaense. E nossa visita ao município tem esse propósito, de conhecer de perto as experiências positivas para que possamos implementá-las no Amapá”, afirmou a secretária.

A comitiva do Amapá, formada pela secretária Maraína Martins, pelo gerente do Sine/AP, Júnior Braga, e pelo Coordenador de Empreendedorismo (CE), Ezequias Costa, participou de reuniões com o secretário de Trabalho de Pernambuco, Alexandre Valença, e com o secretário municipal do Trabalho, Qualificação e Emprego, Daniel Pessoa. A conversa girou em torno da captação de recursos federais junto ao Ministério do Trabalho e funcionamento da rede Sine.

“Estamos levando daqui boas ideias para implantar no Estado do Amapá para estimular a economia solidária, nossas feiras de artesanato e empreendedorismo, além de conhecimento técnico para termos acesso aos recursos do MTE para investir na rede Sine e outros setores da economia. É uma forma de incentivar a criação de emprego e renda”, concluiu Maraína Martins.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui