Comunicado do governo sobre o movimento de caminhoneiros

0
15
Governo do Amapá receberá movimento grevista às 15h para tratar das demandas apresentadas na manhã desta segunda-feira, 28.

o

O gabinete de gerenciamento de crise do Governo do Estado do Amapá (GEA) receberá a comissão do movimento de caminhoneiros às 15h desta segunda-feira, 28, no Palácio do Setentrião, sede do Poder Executivo, em Macapá. Na ocasião, serão tratados os pontos de reivindicação apresentados nesta manhã de segunda. Ainda hoje, o governo também reunirá com os representantes das federações responsáveis pelo transporte de cargas e combustíveis no Estado.

O GEA vem monitorando o movimento que se concentra nas imediações da Rodovia Duca Serra, em Macapá, desde que a manifestação paralisou as estradas, na semana passada, em protesto ao aumento no preço dos cumbustíveis anunciado pelo governo federal.

O Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRE) é quem monitora a manifestação em diálogo com os caminhineiros a fim de evitar que o movimento prejudique o direito de ir e vir da população.

Na última sexta-feira, 25, o Governo do Amapá anunciou medidas para preventivas para garantir a disponibilidade de combustível a serviços que são essências à população, como os de saúde e segurança pública.

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AP) também verificando se está havendo aumento injustificado no preço dos cumbustíveis no Amapá. Pois, diferente de outros estados, o Amapá não depende do transporte rodoviário para ter acesso a combustíveis, uma vez que o fornecimento se dá através de balsa que abastece diretamente na refinaria em locais como a cidade de Manaus (AM), com armazenamento em Santana.

Por esse motivo, o risco de falta de combustíveis, como diesel e gasolina, é baixo. Todavia, o governo do Estado optou por tomar medidas de caráter preventivo.