Covid-19: Governo do Amapá amplia fiscalização de estabelecimentos comerciais – Correio Amapaense

Covid-19: Governo do Amapá amplia fiscalização de estabelecimentos comerciais

Todos os empreendimentos autorizados a funcionar são fiscalizados pela Vigilância em Saúde.
56 agentes fiscalizam o comércio.

A partir desta segunda-feira, 20, o Governo do Amapá amplia a força-tarefa criada para fiscalizar se os empreendimentos autorizados a funcionar pelo Decreto Estadual nº 1497 estão cumprindo as determinações de prevenção ao coronavírus estabelecidas pela Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) . Agora são 56 agentes de saúde nesse trabalho.

As equipes foram ampliadas para alcançar a maior quantidade possível de estabelecimentos em todos os bairros da capital. A logística é coordenada pela Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e conta com apoio do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (Coesp) que disponibilizou veículos e equipes para a operação.

O chefe do Núcleo de Vigilância Sanitária da SVS, Roberto Malcher, ressalta que a força-tarefa começou a atuar em 15 de abril.

“Já fiscalizamos mais de 100 estabelecimentos entre padarias, atacadões, miniboxes, mercadinhos, lanchonetes e supermercados, verificamos se todos cumprem as determinações do decreto e orientamos sobre as medidas preventivas. Vamos manter as fiscalizações até o fim do período de isolamento social e alcançaremos todos os bairros da capital”, frisou.

As denúncias de descumprimentos podem ser feitas pelo 190 e pelos contatos da SVS, 3242-0393/ 98410-7509.

Para evitar a disseminação do vírus nesses ambientes, as principais orientações são:

Aos funcionários e empresa:

  • Usar máscara durante todo o expediente de trabalho;
  • Funcionários devem Higienizar as mãos com frequência com água e sabão ou álcool 70%;
  • Higienizar frequentemente carrinhos, cestinhas, balcão, chão, corrimão, maçanetas, mesas, maquininha de cartão com alcool 70% (líquido ou gel); hipoclorito de sódio de 0,1 a 0,5% (água sanitária diluída) ou Água e sabão.
  • Organizar as filas internas e externas, fazendo marcação no chão e respeitando o espaço entre 1,5 a 2,0 metros entres as pessoas;
  • Controlar a entrada de pessoas ao estabelecimento, obedecendo a distância de 2m² por pessoa;
  • Disponibilizar álcool 70% para os clientes higienizarem as mãos;

Aos clientes:

  • Usar máscara quando precisar sair de casa;
  • Higienizar as mãos com álcool 70% ou água e sabão quando entrar nos estabelecimentos;
  • Ir apenas uma pessoa por família para realizar a compra;
  • Não consumir alimentos dentro do supermercado e nem durante as compras;
  • Quando chegar em casa higienizar as mãos, sapatos, bolsas, chaves, sacolas e produtos com álcool 70%, água e sabão ou água sanitária.
Por: Nathanael Zahlouth

 Foto: Nathan Zahlouth
  •  

  •  

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION