Derby do Século: Corinthians decide título do Paulistão contra o Palmeiras no Allianz Parque

0
2

Para levantar a taça, Timão precisa de vitória por dois ou mais gols de diferença; vitória pela vantagem mínima leva decisão para os pênaltis

Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

 

Neste domingo (08), o Corinthians decide o título do Campeonato Paulista de 2018, em duelo contra o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque. A grande final do Estadual será transmitida por Globo (SP e PR), Sportv e Premiere.

Após perder por 1 a 0 no jogo de ida, realizado no último dia 31 de março, na Arena Corinthians, o Timão precisa da vitória por dois ou mais gols de diferença para levantar a taça sem penalidades. Qualquer vitória por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis.

Há 19 anos…
Corinthians e Palmeiras não se encontram em uma final de Campeonato Paulista desde 1999. Há 19 anos, o Timão levou a melhor sobre o rival. As duas partidas daquela decisão foram disputadas no estádio do Morumbi. A primeira terminou com vitória corinthiana por 3 a 0. A segunda acabou em empate em 2 a 2 e o Alvinegro ficou com o troféu.

20 finais no currículo
Esta é a 20ª oportunidade que o Corinthians disputa uma decisão de Campeonato Paulista – nem sempre a competição teve final para definir o campeão. O Timão chegou à final em 1936, 1974, 1977, 1979, 1982, 1983, 1987, 1988, 1991, 1993, 1995, 1998, 1999, 2001, 2003, 2009, 2011, 2013, 2017 e 2018. Das 19 que já realizou, conquistou 13 títulos;

Fala, Carille
Antes do treinamento histórico da última sexta-feira (07), com a presença da Fiel na Arena Corinthians, o técnico Fábio Carille concedeu entrevista coletiva para os jornalistas presentes na Casa do Povo. O treinador falou sobre a importância do encontro com o torcedor antes da decisão e sobre a expectativa para a grande final.

“A ideia é estar cada vez mais próximo dos torcedores, isso é importante. Foi feito ano passado, queremos fazer mais. Muito se falou da briga de Paulo Nunes e Edílson, me passaram que teve programas que falaram mais das confusões no Dérbi do que a vitória do Palmeiras. É importante mudar isso, para que a gente tenha mais paz. Sabemos da importância da nossa torcida, infelizmente eles não estarão lá, mas esse treino irá nos dar força”, disse Carille.

“Em clássicos assim, decisões, toda vantagem é importante. Mas é o mínimo, um gol de diferença, a gente não pode se atirar, porque se toma um gol é pior. Não tempos que ir lá para desespero, só nos minutos finais, quando podemos fazer algo diferente. Até então, faremos um jogo inteligente lá dentro”, finalizou.

RELACIONADOS

Vinte e três jogadores foram relacionados para a primeira partida da final. São eles:

Goleiros: Cássio e Caique França
Laterais: Fagner, Mantuan e Sidcley
Zagueiros: Balbuena, Henrique e Pedro Henrique
Volantes: Gabriel, Maycon, Ralf e Renê Júnior
Meias: Danilo, Jadson, Mateus Vital, Marquinhos Gabriel, Pedrinho e Rodriguinho
Atacantes: Emerson, Júnior Dutra, Lucca, Matheus Matias e Romero