Dia Mundial do Doador de Sangue: Hemoap distribui kits com máscara e álcool em gel para voluntários

0
14
Ação acontece durante toda a semana e foi a forma encontrada para homenagear os doadores em meio à pandemia de covid-19.
Doadores receberam kit de máscara e álcool em gel com o tema em homenagem ao dia do doador
Com o tema “Meu sangue salva vidas”, ao longo da semana, o Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) está distribuindo kits de proteção e prevenção com máscara e álcool em gel para os doadores. A ação marca o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado em 14 de junho.
 
A distribuição dos kits foi a forma encontrada pelo instituto para homenagear os voluntários e, ao mesmo tempo, obedecer às medidas de prevenção à covid-19, uma delas é evitar aglomerações.
 
“Por conta da pandemia, não foi possível fazer aquele momento de confraternização que acontece todos os anos com apresentações artísticas e o tradicional bolo. A nossa homenagem foi diferente, mas não menos importante, usamos as redes sociais e a distribuição dos kits para mostrar a nossa gratidão por cada um dos nossos voluntários que ajudam a salvar vidas”, explicou Claynne Queiroz, chefe do serviço de captação e orientação social do Hemoap.
 
Doação com segurança
 
O ato de doar sangue se tornou ainda mais necessário em meio à pandemia. Nesse período, o Hemoap registrou uma queda significativa no número de doadores que passou de 80 a 90 para 15 a 30, o que acendeu o sinal de alerta.
 
Após a adoção de algumas medidas, o ritmo de doações voltou a crescer. Atualmente, a média de voluntários está entre 50 e 80 pessoas por dia, o que contribui para manter regular o nível de estoque de sangue.
 
Um das medidas adotadas é o agendamento por WhatsApp 988110200 ou por ligação 981410773. A iniciativa evita aglomeração e reduz o tempo de permanência do voluntário no instituto, cerca de 60 minutos entre todas as etapas desde a chegada até alimentação após a doação.
 
Solidariedade
 
Entre os voluntários, quando o assunto é o ato de doar sangue o motivo e o sentimento são únicos: ajudar o próximo. A biomédica Raiane Souza é doadora fidelizada há pelo menos 10 anos.
 
 
 
“Foi espontâneo, surgiu uma necessidade de ajudar e encontrei na doação essa possibilidade. Contribuí algumas vezes para ajudar pessoas que precisavam de bolsas de sangue para algum procedimento, mas realizo a doação de três em três meses”, finalizou Raiane.
 
O servidor público Dailson Oliveira tem 54 anos e desde os 18 é doador voluntário.
 
 
 
“Comecei a doar sangue com o propósito de ajudar as pessoas. Já são 36 anos, hoje eu ajudo alguém, amanhã posso precisar. Doar sangue não dói e salva vidas”, comentou Dailson.
 
Como posso doar?
 
Hemoap possui 50.380 doadores cadastrados. Para se tornar um doador voluntário, o interessado precisa estar saudável, pesar mais de 50 quilos, ter entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos, somente com autorização dos responsáveis, e maiores de 60 anos, se já forem doadores assíduos. Além disso, no dia da doação deve estar descansado e alimentado.
 
Interessados devem procurar o Hemoap no horário de 7h30 às 11h, localizado na Rua Jovino Dinoá, esquina com a Avenida Raimundo Álvares da Costa, bairro Central, em Macapá. Ou entrar em contato pelo WhatsApp 988110200 ou por ligação 981410773.
 
 
Por: Janine Cruz
 
Foto: André Rodrigues