Discusão em posto de gasolina termina em tragédia, assistam

0
3658

Um motorista de aplicativo morto por um policial militar na noite desta terça-feira, dia 17, após uma discussão em um posto de gasolina Niterói, na Região Metropolitana do Rio.

Uma discussão começou entre o agente Giovani Peçanha de Athaíde e um frentista. Em seguida, teria ocorrido outro desentendimento do policial com Diego Soares Barone Campelo Sampaio, de 37 anos, e sua esposa, Hellen Cristina Nascimento.

Imagens de câmeras do local mostram que o motorista sai do veículo e corre em direção ao agente, que atira duas vezes. O motorista deixa uma filha de apenas 8 anos. O caso foi registrado na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG).