Eleições 2020: urnas eletrônicas passam por auditoria na sede do TRE-AP

0
302
Eleições 2020
Votação paralela obedece mesmo horário do pleito oficial, que acontece neste domingo (6/12), na capital
O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) realiza, durante todo este domingo (6/12) – dia em que ocorre a Eleição Municipal 2020 em Macapá – a Auditoria de Funcionamento das Urnas Eletrônicas. A abertura dos trabalhos, que acontece no Plenário do Regional, foi marcada pelas presenças do presidente do órgão, desembargador Rommel Araújo; e da diretora-geral, Elinete Freitas. Durante todo o dia, a chamada votação paralela será acompanhada pela comissão responsável pelo processo de auditagem.
O objetivo da medida é demonstrar o funcionamento e a segurança das urnas eletrônicas, disciplinada pela Resolução do Tribunal Superior Eleitoral nº 23.603/2019. A auditoria começou no mesmo horário da votação oficial, às 7h (este ano, em razão da pandemia de Covid-19, o horário foi antecipado em uma hora) e seguirá até o encerramento, 17h.
A partir da impressão da zerésima pela urna (prova de que não há nenhum voto dentro do equipamento), todos os votos das cédulas preenchidas no dia anterior são digitados, um por um, na urna eletrônica e também num sistema paralelo, em um computador. As câmeras filmam os números digitados no teclado da urna.
Ao final da votação, a urna imprime um Boletim de Urna (BU), e o sistema auxiliar também emite um boletim. Os dados dos dois são comparados pela comissão de auditoria e é verificado se a urna funcionou normalmente, bem como se foram registrados exatamente os mesmos votos das cédulas digitados na urna.
Todo o processo é monitorado e seguido pelos representantes indicados e pode ser acompanhado também por qualquer interessado. A ação é transmitida ao vivo pelo canal oficial do órgão no Youtube (acesse aqui https://youtu.be/6VPvyPZNuJo) e ficará disponível para possíveis consultas posteriores.
Vale destacar que todo o trabalho é ainda acompanhado, em todas as suas fases, por empresa de auditoria contratada pelo TSE.