EM LARANJAL DO JARI, POLÍCIA CIVIL PRENDE DOIS HOMENS EM FLAGRANTE POR TRÁFICO DE DROGAS

0
552
EM LARANJAL DO JARI, POLÍCIA CIVIL PRENDE DOIS HOMENS EM FLAGRANTE POR TRÁFICO DE DROGAS E APREENDE SKANK E COCAÍNA
Por: Assessoria de Comunicação PC-AP

 Foto: Polícia Civil

Nesta segunda-feira, 22, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia da 1ª Delegacia de Polícia de Laranjal do Jari, prendeu em flagrante dois homens por tráfico de drogas e apreendeu ½ kg de skank e aproximadamente 100g de cocaína em uma casa na região central do município.
Segundo o Delegado Rômulo Viégas, Titular da 1ªDP de Laranjal do Jari “recebemos uma denúncia anônima de que havia duas pessoas praticando crime de tráfico de drogas na passarela São João na região central da cidade.

“Os suspeitos visando dificultar o trabalho de investigação tinham como prática enterrar a droga. Então unimos esforços com a Polícia Militar e tivemos uma atuação mais pontual e efetiva. Os suspeitos ao se depararem com a chegada da nossa equipe no local, tentaram se desfazer da droga, porém não obtiveram êxito,
“Foram encontradas substâncias entorpecentes enterradas em dois pontos da casa, na parte de trás, bem como, na parte debaixo da casa, a droga estava armazenada em potes de vidro, explicou o Delegado
Efetuamos a prisão de um homem com 30 anos de idade e o outro com 18 anos de idade. No local, foram apreendidos ½ Kg de Skank, e aproximadamente 100 gramas entre pedra de crack e cocaína, bem como, material de indolação como tesoura, linha e papelote.

Frisou também que o homem de 30 anos, já havia cumprido mais de 8 anos de prisão no IAPEN, por condenações relacionadas aos crimes de roubo e furto, e o homem de 18 anos, quando menor de idade, já foi apreendido por infração análoga ao de furto e há um mês foi indiciado pelo crime de receptação e estava em situação de recolhimento domiciliar em período noturno, o qual, não estava sendo cumprido.
Vale ressaltar que, as pessoas responsáveis por terem alugado a casa para os homens presos, serão investigadas pois, foi possível constatar na casa, que os mesmos dividiam áreas de convívio em comum com os suspeitos.
Os dois homens presos confessaram a prática e foram conduzidos até a delegacia para os procedimentos de lavratura dos autos e serão encaminhados ao IAPEN onde ficarão à disposição da Poder Judiciário.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui