EM MACAPÁ, POLÍCIA CIVIL INDICIA HOMEM POR ESTUPRO DE VULNERÁVEL

0
580
EM MACAPÁ, POLÍCIA CIVIL INDICIA HOMEM POR ESTUPRO DE VULNERÁVEL E FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO DE CRIANÇAS OU ADOLESCENTE
Por: Assessoria de Comunicação PC-AP

 Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia Especializada em Crimes praticados contra Criança e Adolescente (DERCCA), indiciou um homem de 58 anos de idade, pelas práticas dos crimes de estupro de vulnerável e favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável.
De acordo com o Delegado Ronaldo Entringe, o indiciado costumava praticar exploração sexual de crianças e adolescentes mediante o oferecimento de dinheiro ou celular, com o objetivo de satisfazer sua lascívia. Além disso, oferecia bebidas alcoólicas e drogas às crianças e adolescentes.
No dia 24 de julho, uma adolescente de 12 anos de idade foi encontrada dormindo na casa do indiciado. No celular da garota foram encontradas fotos de crianças e adolescentes sem roupas, mantendo relações sexuais com o indiciado e com as partes íntimas expostas e ejaculadas.
Outras duas adolescentes, de 15 e 17 anos de idade, também mantiveram relações sexuais com o indiciado.
Para o Delegado, também restou comprovado nos autos do inquérito policial, que, o indiciado, abusou sexualmente de sua própria filha, de 11 anos de idade.
“A partir dos depoimentos das testemunhas e das informações prestadas pelas vítimas, bem como pelo que foi colhido durante a investigação, o indiciado teve relações sexuais com as adolescentes e com a própria filha. Em algumas ocasiões, ele pagou com dinheiro ou com celular para que as vítimas tivessem relações sexuais com ele”, destacou o Delegado.
O inquérito policial foi encaminhado à Justiça.