EM MACAPÁ, POLÍCIA CIVIL INDICIA PROFESSOR QUE ABUSOU SEXUALMENTE DE ALUNO COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

0
425
Por: Assessoria de Comunicação PC-AP

 Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia Especializada em Repressão de Crimes Contra a Criança e Adolescente (DERCCA), indiciou um professor de 30 anos de idade, pela prática do crime de estupro de vulnerável.
De acordo com o Delegado Ronaldo Entringe, a vítima é um adolescente de 14 anos, portador do transtorno do espectro autista (TEA).
“O boletim de ocorrência foi registrado pela mãe da vítima, em junho desse ano. Segundo a comunicante do fato, a vítima estava apresentando um comportamento estranho há dois meses. Em uma determinada noite, a vítima disse à mãe que o professor havia pegado em sua parte íntima. Além disso, informou também, que o indiciado abaixou o zíper e beijou a sua genitália”, explicou o Delegado.
Em interrogatório, o indiciado negou as acusações imputadas contra ele.
O inquérito policial foi concluído e encaminhado à Justiça.