Em operação no Macapaba polícia prende meliante que expulsou família e ainda ficou com seus pertences

0
18

O Batalhão de Operações Especiais, na tarde e noite de ontem (01), esteve empenhado em uma operação no conjunto habitacional Macapaba, zona norte de Macapá, cujo objetivo era inibir o cometimento de crimes naquela área. A ação ocorreu em resposta às inúmeras denúncias feitas por moradores do local ao comando da Polícia Militar. Tais denúncias apontam o crescimento da comercialização de drogas e armas no habitacional, bem como a expulsão de famílias inteiras de seus apartamentos, para que sejam ocupados por membros de facção.
Durante a operação, dois infratores foram detidos, um deles foi encontrado ocupando um apartamento, em que ele havia expulsado a família moradora e se apossado do imóvel e de tudo o que havia dentro. Com o indivíduo foram encontradas drogas (65 porções), uma arma de fabricação caseira, munições, balanças de precisão e dinheiro. O criminoso disse pertencer a uma facção criminosa, que seu número de “batismo” era 991, seu “padrinho” dentro da facção é conhecido como “Almeida” e exerce funções de liderança entre os faccionados.
Com o outro detido, foram encontradas 83 porções de drogas, supostamente, crack e uma arma branca (faca), além disso, os policiais obtiveram a informação através do cruzamento de dados do indivíduo com a Polícia Civil, mais especificamente, com a Delegacia Especializada de Crimes Contra a Mulher (DECCM), de que o detido estaria envolvido, diretamente, na morte cruel de uma senhora idosa, no último dia 25 de Maio. A idosa foi encontrada esquartejada dentro de uma mala, no interior de um dos apartamentos, do referido conjunto habitacional. O criminoso assumiu a autoria do homicídio e afirmou não ter cometido o crime sozinho.
Os criminosos detidos durante a operação foram conduzidos ao Centro Integrado de Operações e Segurança Pública, do pacoval, ficando sob a responsabilidade do delegado de plantão.