EM TARTARUGALZINHO, HOMEM QUE AGREDIU AGRICULTOR E SEU FUNCIONÁRIO APÓS TENTATIVA DE ASSALTO MORRE DURANTE INTERVENÇÃO POLICIAL

0
344

Na madrugada da última sexta-feira, 23, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Polícia de Pracuúba, iniciou diligências a fim de localizar três homens que tomaram de asslato a casa de um agricultor no Distrito de Cujubim. O agricultor, que é idoso, foi espancado junto com seu funcionário por não ter nada de valor que pudesse ser roubado.
De acordo com o Delegado Cezar Vieira, após as vítimas procurarem a Delegacia de Pracuúba, foram realizadas diligências até o amanhecer na Comunidade, sendo localizados dois suspeitos, que, conseguiram empreender fuga para área de mata.
Durante a oitiva das vítimas, os policiais civis receberam uma denúncia anônima de que um dos suspeitos empreendia fuga (em uma bicicleta) para o município de Tartarugalzinho. De imediato, o Delegado e sua equipe saíram para capturar o acusado, que já havia reconhecido pelas vítimas, sendo, inclusive, o responsável pelas agressões.
O acusado foi abordado em Tartarugalzinho na garupa de uma motocicleta. Durante a abordagem, o acusado, portando uma arma longa, fez o piloto da motocicleta de refém, colocando a arma em suas costas e ordenando que acelerasse. O piloto parou o veículo, momento em que os policiais civis ordenaram que o acusado largasse a arma e colocasse as mãos sobre a cabeça. Em razão da negativa do mesmo, e para salvaguardar a integridade física do piloto, o mesmo foi alvejado por disparo de arma de fogo, vindo a óbito no local.
O piloto da moto informou que foi abordado pelo acusado antes da Comunidade do Itaubal, que, apontou a arma para sua cabeça e ordenou que o transportasse até a cidade de Tartarugalzinho.
Os dois suspeitos (25 e 27 anos de idade), que empreenderam fuga para área de mata, se apresentaram à Delegacia de Pracuúba no fim da tarde deste domingo, 25. Durante interrogatório, confessaram a prática delituosa e serão indiciados por tentativa de roubo.
O acusado que faleceu já respondia por roubo e ameça.