EM TARTARUGALZINHO, POLÍCIA CIVIL APREENDE QUANTIDADE EXPRESSIVA DE MADEIRA SEM DOCUMENTO DE ORIGEM FLORESTAL OU NOTA FISCAL

 Foto: Polícia Civil
Por: Assessoria de Comunicação

Nesta quinta-feira, 9, a Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio da Delegacia de Tartarugalzinho, aprendeu quantidade expressiva de madeira sem documento de origem florestal (DOF) ou nota fiscal.

De acordo com o Delegado Carlos Alberto, durante patrulhamento de rotina, os policiais civis se depararam com uma caçamba fazendo o transbordo de carga de madeira para uma carreta bitrem em um ramal afastado da BR.

“Ao abordarmos os suspeitos, os ajudantes nos informaram que foram contratados para fazer o transbordo da carga naquele local por ser afastado das autoridades fiscalizadoras, já que não tinham DOF ou nota fiscal. Conduzimos todos os envolvidos à Delegacia, onde foram autuados em flagrante pelo crime ambiental de transportar produtos de origem vegetal sem licença”, destacou o Delegado.

A carga de madeira, de aproximadamente, 30 m³ foi apreendida e os proprietários da carga foram liberados mediante termo de compromisso para comparecer no Juizado Especial.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION