Em troca de tiros com a polícia 2 homens morrem em Santana

0
3133
O Grupo de Intervenção Rápida Ostensivas (GIRO), na madrugada de hoje (25), entrou em confronto armado com dois criminosos, em Santana, após a solicitação de apoio de equipes policiais daquele município.
O GIRO, juntamente, com equipes do batalhão ambiental e do 4° batalhão foram averiguar a veracidade de uma denúncia, que dava conta de uma festa de criminosos faccionais, os quais, segundo relatos, estariam exibindo armas de fogo e causando medo nos moradores próximos.
Com a chegada dos militares, ao local indicado pela denúncia, no bairro provedor II, vários suspeitos saíram correndo e com a aproximação dos policiais do GIRO, um criminoso passou a atirar contra os agentes do Estado, que revidaram a injusta agressão até sua completa cessação. O agressor foi atingido, sendo necessário o acionamento do socorro médico para o local da ocorrência.
Durante o acionamento das equipes médicas, o GIRO foi informado de que um dos suspeitos, que fugiu do cerco policial, havia invadido uma casa e, provavelmente, estaria oprimindo os moradores. Frente às circunstâncias, os militares deslocaram-se, rapidamente, para a residência indicada e, lá, houve um segundo confronto, o que gerou no segundo agressor.
Apesar da rapidez das equipes médicas, de chegarem ao local dos confrontos, os criminosos (um homem de 21 anos e um menor de 17), não resistiram aos ferimentos e tiveram seus óbitos contatados.
Como de praxe, a equipe de polícia técnica científica (POLITEC) fez a perícia no local e os policiais do GIRO dirigiram-se até a delegacia de Santana, para a apresentação da ocorrência e das armas utilizadas pelos criminosos. Um trabalho integrado, entre os batalhões da PMAP, em prol da sociedade Amapaense.