Empresário 171 vai parar na delegacia em Macapá

0
690
EM MACAPÁ, POLÍCIA CIVIL PRENDE EMPRESÁRIO ACUSADO DE CADASTRAR AUTÔNOMOS E OUTROS PROFISSIONAIS COMO SE FOSSEM SERVIDORES PÚBLICOS PARA CONSEGUIREM EMPRÉSTIMO PESSOAL
Por: Assessoria de Comunicação PC-AP

 Foto: Polícia Civil

Nessa quinta-feira, 29, a Polícia Civil do Amapá, por meio do Núcleo de Operações em Inteligência (NOI), prendeu um homem de 59 anos de idade, acusado por estelionato.
O acusado foi preso no bairro Trem, através do cumprimento de mandado de prisão preventiva.
O homem preso era o proprietário de uma empresa localizada em Santana, que foi contratada para prestar serviços a outra empresa que realizava empréstimo pessoal para servidores públicos com pagamentos descontados em conta corrente, com sede em Porto Alegre/RS. As investigações apontaram que foram constatadas irregularidades nos cadastros de alguns clientes que realizaram empréstimos em Macapá e Santana, no ano de 2011. As irregularidades consistiam no fato dos clientes que se diziam servidores públicos estaduais, não terem vínculo algum com o Estado.
A empresa do acusado que era responsável por fazer a análise e recolher a documentação necessária dos clientes, como RG, CPF, comprovante de residência, contracheque e extrato bancário que comprovassem os proventos dos servidores. A título de comissão, a empresa do acusado recebia 10% de cada empréstimo liberado.
Por conta da fraude, o prejuízo estimado da empresa de empréstimos foi de R$ 100 mil.
O acusado, dois corretores de sua empresa e clientes que apresentaram documentos falsos foram denunciados pelo Ministério Público em 2016 e o processo judicial tramita na 1ª Vara Criminal de Santana.
Após a prisão, o homem foi encaminhado à Politec e, em seguida, ao Iapen.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui