Equipe que realizou parto no ar recebe honraria do Legislativo

0
17
Os militares Franck Pinon, Waldecy Teles e Alisson Vanzeller e a enfermeira Leia Araújo receberam o Título de Mérito Legislativo nesta quinta-feira,
 Foto: Maksuel Martins/Secom
Deputada Aparecida Salomão foi a autora da proposta de homenagem à equipe que atendeu a ocorrência em junho de 2017

Quase um ano após o inusitado e heroico atendimento do Grupo Tático Aéreo do Amapá (GTA), que salvou mãe e filha ao realizar um parto em pleno voo em junho de 2017, os protagonistas da ação inédita foram homenageados na Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), nesta quinta-feira, 5.

Os militares Franck Pinon, Waldecy Teles e Alisson Vanzeller e, a enfermeira Léia Araújo, receberam o Título de Mérito Legislativo das mãos da deputada Aparecida Salomão, autora da proposta.

“É muito gratificante esse momento. Nosso trabalho é salvar vidas e esse prêmio não é só meu é de toda enfermagem amapaense”, destacou Léia.

O coordenador do Grupamento Tático Aéreo, comandante Ajaje Rachid, que também compareceu na sessão solene junto com os integrantes do GTA, falou da grata satisfação do reconhecimento concedido pelo legislativo.

“A equipe homenageada representa o que o grupo faz de forma diária que é salvar vidas por amor. É por isso que essa peculiar missão que marcou todo o GTA, teve um desfecho tão maravilhoso”, concluiu Rachid.

Parto no ar

A ocorrência foi registrada no dia 6 de junho de 2017 quando o helicóptero do GTA foi acionado para socorrer Shirlana Amanajás, no distrito do Arquipélago do Bailique. Ela tinha entrado em trabalho de parto e precisava ser transferida com urgência para o Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), em Macapá, porque apresentava complicações por elevação da pressão arterial.

A equipe atuou com agilidade no atendimento, mas 15 minutos antes do pouso, Sibele Vitória – que recebeu esse nome em homenagem ao GTA – veio ao mundo pesando um pouco mais de três quilos.

O parto foi improvisado durante o voo pela equipe do GTA e a enfermeira Léia Araújo, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). No dia seguinte ao ocorrido, os heróis fizeram uma visita emocionante a mãe e à pequena Sibele, que os receberam com muita gratidão. O momento foi registrado por muitas lentes mas, principalmente, ficou registrado no coração dos envolvidos.

GALERIA DE FOTOS
 Créditos:Maksuel Martins/Secom