Escola Antônio Messias os alunos aprendem os preceitos militares como ordem e disciplina.

0
1

Alunos da escola Antônio Messias preparam-se para rotina escolar

Além de conhecerem o regimento escolar, alunos aprendem os preceitos militares como ordem e disciplina.
Por: Caroline Mesquita

 Foto: Pedro Gomes
Estudantes aprendem sobre o regimento interno, transgressões disciplinares, regulamento do uniforme, ordem unida, entre outros

A Escola Estadual Profº. Antônio Messias Gonçalves da Silva, localizada no bairro Zerão, na Zona Sul de Macapá, durante esta semana, prepara os alunos novos e veteranos para a rotina escolar e as particularidades da metodologia de ensino, nos moldes da disciplina militar. O ano letivo nesta unidade de ensino começa na próxima segunda-feira, 26.

Com gestão compartilhada entre Secretaria de Estado da Educação (Seed) e Polícia Militar (PM-AP) desde o ano passado, a escola Antônio Messias possui 1115 alunos matriculados para o ano letivo de 2018, abrangendo o Ensino Fundamental II e Ensino Médio, nos turnos matutino e vespertino.

De acordo com a tenente Izoneide Cavalcante, comandante do Corpo de Alunos, esse período, conhecido como “Semana Zero”, é de adaptação e formação dos estudantes para conhecerem sobre seus deveres e direitos, com relação a uniformes, apresentação pessoal, postura e preceitos militares como ordem e disciplina. As instruções são dadas pelos monitores escolares da Polícia Militar.

“Os estudantes recebem diretrizes quanto à rotina escolar. Aprendem sobre o regimento interno, transgressões disciplinares, regulamento do uniforme, ordem unida, hinos, canções, saudação colegial, conduta do aluno dentro e fora da escola, entre outros. Conhecimentos necessários durante todo o ano letivo”, explica Izoneide.

Os alunos conhecem os horários das atividades normais e aprendem sobre as atribuições do comandante do Corpo de Alunos, dos instrutores, dos professores, dos monitores, dos chefes e dos subchefes de turma.

O estudante Bruno Batista Dias, 13 anos, vai estudar o 7º ano na escola Antônio Messias. Novato na instituição, já percebeu nesta semana as diferenças comparadas a sua antiga escola. “Além de aprender as instruções de ordem unida e conhecer os regulamentos, aqui lutamos muito pela preservação do patrimônio escolar. Não vemos pessoas bagunçando ou quebrando as coisas. Estou gostando muito”, afirma o garoto.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui