Home Brasil Estudantes já podem se inscrever no Parlamento Jovem Brasileiro

Estudantes já podem se inscrever no Parlamento Jovem Brasileiro

0
Estudantes já podem se inscrever no Parlamento Jovem Brasileiro
Programa oferece uma vaga para o Amapá. No PJB, os estudantes selecionados têm a oportunidade de vivenciar o trabalho de um deputado federal.

 

 Foto: Arquivo/Câmara dos Deputados
Estudantes conhecem todo o trabalho do processo legislativo no Parlamento Jovem Brasileiro

Iniciou nesta quarta-feira, 28, e prossegue até 28 de maio, o período de inscrições para a 15ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro (PJB). O programa simula uma jornada parlamentar, de cinco dias, em que estudantes de todo o país elaboram projetos de lei, debatem ideias e votam em proposições, vivenciando o trabalho de um deputado federal. Serão selecionados 78 projetos do Brasil, um do Amapá.

Para participar do PJB, é necessário ser aluno do ensino médio ou técnico de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, com idade entre 16 e 22 anos. O candidato deve elaborar um Projeto de Lei de sua autoria que proponha mudanças para melhorar o cenário do país.

Após a elaboração do projeto de lei, é preciso realizar a inscrição. A ficha está disponível na página do PJB, www.camara.leg.br/pjb. A proposta deve ser enviada juntamente com a ficha de inscrição e cópia de documento de identidade com foto, termo de autorização do responsável, assinado, caso o candidato tenha menos de 18 anos (o modelo do termo de autorização está disponível no site junto com a ficha de inscrição), e declaração de que está matriculado regularmente no ensino médio/técnico, constando o ano que está cursando.

Todos esses documentos deverão ser enviados para o endereço eletrônico amapa.pjb2018@gmail.com ou pelos correios para Secretaria de Estado da Educação, A/C Núcleo de Ensino Médio, Avenida FAB, 096, bairro Central – Macapá/AP, CEP: 68.900-073.

Os selecionados irão participar da jornada parlamentar no período de 1º a 5 de outubro, na Câmara dos Deputados.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here