Exclusivo: Ex-funcionária da BRF em Goiás implodiu esquema com ação trabalhista

0
1

O esquema criminoso de adulteração de testes de qualidade foi exposto pela ex-supervisora laboratorial Adriana Marques Carvalho, que anexou cópias de emails internos da BRF em ação trabalhista.

A ex-funcionária alegou ter sido submetida a assédio moral ao ser obrigada por seus superiores a alterar os resultados dos exames e, inclusive, a defendê-los em reuniões com representantes do Ministério da Agricultura.

O caso chegou à cúpula da BRF, que não questionou a acusação de Adriana, mas tentou selar um acordo para encerrar o processo. Numa troca de e-mails obtida pela Polícia Federal, o então presidente do grupo Pedro de Andrade Faria, preso hoje, demonstra sua insatisfação.

“Sempre levamos bucha dos mesmos lugares.”

 

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui