Farmácia do Hcal recebeu medicamentos nesta segunda 12/03

0
10
O Governo do Amapá, reabasteceu a Farmácia de Medicamentos Excepcionais (Farmex), do Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima (Hcal), com o medicamento hidroxicloroquina – para portadores de lúpus. Dessa maneira, o Estado regulariza o fornecimento de medicamentos, garantindo o abastecimento das unidades de saúde por 12 meses. Somente nesta nova compra, o governo investiu R$ 81,5 mil.
O Hcal chegou a ficar desabastecido com essa medicação, por conta da inabilitação e/ou desclassificação das propostas de alguns fornecedores nas últimas licitações para a aquisição dos remédios, impossibilitando legalmente a compra.
A hidroxicloroquina é um dos componentes que fazem parte do Programa de Medicamentos Excepcionais e de Alto Custo do Ministério da Saúde (MS), e é exclusivamente de uso controlado. Os pacientes passam por exames, consultas, confirmação da doença e verificação dos documentos pessoais. Os pacientes que estão devidamente cadastrados podem procurar a Farmex do Hcal.
De acordo com coordenadora de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Carla Soeiro, para que os hospitais permaneçam abastecidos completamente, a rede é obrigada a concluir o processo licitatório, cumprindo os prazos estabelecidos por lei, o que muitas vezes torna a aquisição de medicamentos demorada.
“Os pacientes que dependem da medicação e estão dentro dos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, podem se dirigir até Farmex. Essa nova remessa garante o abastecimento por um ano e, principalmente, atende à demanda de pacientes que não têm condições de comprar, por se tratar de um remédio de alto custo, onde um valor aproximado de uma caixa chega a 70 reais” finalizou.
Lúpus
O lúpus eritematoso sistêmico (LES), conhecido popularmente apenas como lúpus, é uma doença autoimune que pode afetar principalmente pele, articulações, rins, cérebro mas também todos os demais órgãos