Fim de semana contabiliza mais de 400 atendimentos da transposição no Super Fácil

0
1
Unidade do bairro Buritizal, em Macapá, contou com 204 atendimentos no sábado e, 229 no domingo.

 

 Foto: Maksuel Martins/Secom
Atendimentos ocorrem de forma ininterrupta até o dia 3 de maio

O atendimento ao público que almeja entrar para o quadro de servidores da União através da Emenda Constitucional (EC) 98 – procedimento conhecido como transposição – prosseguiu dentro da normalidade nesse fim de semana, com os postos funcionando das 8h às 14h.

De acordo com a gerente de Recursos Humanos do ex-Território da Secretaria de Estado da Administração (Sead), Ilana Vilhena, neste primeiro fim de semana de funcionamento do posto montado pelo Governo do Amapá na unidade do Super Fácil, do bairro Buritizal, em Macapá, foram contabilizados 204 atendimentos no sábado, 7, e 229 neste domingo, 8. “Foi tudo tranquilo. Disponibilizamos um serviço de xerox para facilitar o atendimento nesses dois dias”, informou Ilana.

A recepção dos documentos está acontecendo desde o dia 4 de abril e deverá seguir de forma ininterrupta até o dia 3 de maio. Os serviços ocorrem todos os dias, inclusive aos sábados e domingos e, até mesmo no feriado de Tiradentes, no dia 21 de abril (sábado).

Para evitar tumultos e transtornos aos cidadãos, a média de 400 atendimentos ao dia foi determinada, ou seja, quem chegar após a senha máxima, não poderá entregar os documentos e deverá tentar novamente em outro dia.

Processo

Nesta etapa da transposição, os interessados devem apresentar os documentos pessoais que comprovem vínculo com o poder público no período de 1988 a 1993, assim como um requerimento e um termo de opção, os quais deverão ser preenchidos e entregues nos postos de atendimento. E, também, disponibilizar um endereço de e-mail para acompanhamento do processo.

Para dar mais celeridade no processo, o Governo do Amapá disponibilizou os dois documentos necessários no site da Sead, para que o interessado imprima e preencha com antecedência.

As pessoas que residem no interior do Amapá ou em outros estados e que tenham tido vínculo com o ex-Território e queiram passar para o quadro da União, também devem se deslocar até Macapá para a entrega dos documentos. No entanto, existe a possibilidade de o interessado assinar uma procuração para que outra pessoa entregue os documentos em seu nome.

Postos de atendimento

O posto montado pelo Estado em Macapá foi o Super Fácil Zona Sul, na Rua Claudomiro de Moraes, bairro Novo Buritizal. Os interessados podem, ainda, procurar a sede da Superintendência de Administração do Ministério do Planejamento no Amapá (Samp), na Rua: Odilardo Silva, no Centro.

GALERIA DE FOTOS
 Créditos:Maksuel Martins/Secom

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui